Home  > 

4 regras que Bill Gates segue para aproveitar o melhor de suas leituras

Da Redação

14/07/2019 às 10h22

Foto: Shutterstock

Bill Gates é conhecido por ser um leitor fiel e voraz. Em seu blog Gate’s Notes, todo ano ele divulga duas listas de recomendações de leitura que reúnem os livros que ele mais gostou de ler para o semestre. Mas, para além da seleção, Gates afirma ler cerca de 50 livros por ano - o que resulta em um livro por semana.

Em entrevista ao The New York Times, o cofundador da Microsoft afirmou que a leitura assumiu uma parte central em sua vida. “É uma das principais formas como eu aprendo, e isso acontece desde que eu era criança. Eu também posso visitar lugares interessantes, encontrar cientistas e assistir a uma série de palestras online. Mas ler é ainda a principal forma que eu aprendo coisas novas e testo meu conhecimento”, disse ao jornal.

Mas entre tantas leituras e sua rotina entre negócios e compromissos junto à Fundação Bill e Melinda Gates, como Gates tira o maior valor e conhecimento de suas leituras? Na lista abaixo, compilamos quatro regras que o empresário segue extraídas a partir de uma entrevista que deu ao site Quartz.

LEIA TAMBÉM

1. Use as margens para tomar notas

“Particularmente, se for um livro de não-ficção, você está aprendendo coisas novas e acrescentando-as ao conhecimento que você já tem? Para mim, fazer anotações me dá certeza de que eu realmente estou me concentrando sobre o que está lá”.

2. Conclua tudo que você inicia

Gates usa como exemplo o livro "Infinite Jest", de David Foster Wallace, que possui mais de mil páginas, como uma forma de estar comprometido. "É um livro um tanto longo e complicado e eu não quero abrir uma exceção. É minha regra ir até o fim”.

3. Escolha a sua plataforma preferida - impressa ou digital

Gates, ao lado de Paul Allen, e toda uma equipe, revolucionou a computação pessoal. Mas o cofundador da Microsoft prefere livros físicos do que e-books para avançar sua lista - pelo menos, por enquanto. “Com o tempo, eu farei a troca. Mas eu estou acostumado [ a livros físicos] e é ridículo, eu tenho esta sacola cheia de livros que me acompanha em viagens e é tão volumosa e antiquada”, brinca.

4. Dedique uma hora para o seu hábito

“Você vai querer sentar por uma hora por vez, porque caso contrário sua mente vai vagar, ‘ok, o que eu estava lendo? Não é o tipo de coisa que você pode fazer cinco minutos aqui e outros 10 ali”.