Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Porto Seguros é alvo de ciberataque, mas diz que não há pistas de vazamento de dados de clientes e parceiros

Seguradora sofreu um ataque cibernético que prejudicou seus canais de serviço e alguns de seus sistemas

Redação

18/10/2021 às 3h15

hacker cibersegurança
Foto: Shutter Stock

A Porto Seguros relatou, na última quinta-feira (14), à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que vem restaurando gradativamente seu ambiente operacional após sofrer ciberataque. Embora não tenha detalhado o tipo de ataque sofrido, a empresa disse que "ativou prontamente todos os protocolos de segurança" e que, até o momento, não foi identificado nenhum vazamento de dados.

“A empresa ativou prontamente todos os protocolos de segurança e, desde as 15h [do dia 14], vem restabelecendo gradualmente seu ambiente e segue trabalhando para retomar a normalidade o mais breve possível”, informou a Porto Seguros por meio de nota.

A seguradora afirmou que, até o momento, não foi identificado nenhum vazamento de dados em relação à empresa, suas subsidiárias, clientes ou parceiros, incluindo quaisquer dados pessoais.

A Porto Seguro, terceira maior seguradora do Brasil, lidera os segmentos de seguros de automóveis e residenciais no país e tem cerca de 10 milhões de clientes em suas várias linhas de negócios, incluindo provisão de crédito.

Antes da seguradora, outras brasileiras foram vítimas de ataques cibernéticos recentemente. No início deste mês, a CVC, operadora de viagens, foi atingida por um ataque de ransomware que paralisou suas operações. A varejista Renner também foi vítima de um ataque de ransomware que comprometeu sua plataforma de e-commerce por três dias, em agosto.

Menos de um terço das organizações brasileiras têm equipes de segurança, embora muitas sofram ataques cibernéticos com frequência, de acordo com pesquisa publicada em junho pelo Instituto Datafolha em nome da Mastercard.

Com informações do ZDNet

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15