Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

SoftBank e IonQ fazem parceria estratégica para expandir implantação de soluções quânticas

Com a parceria, SoftBank Vision Fund 2 se torna uma das acionistas da empresa de tecnologia quântica que está prestes a realizar IPO

Redação

11/06/2021 às 19h00

Foto:

Legenda: Adobe Stock

A IonQ, empresa de hardware e software de computação quântica, anunciou na última semana uma parceria estratégica com SoftBank Investment Advisers, gerente da SoftBank Vision Funds 1 e 2, para implantar soluções quânticas nas indústrias, geografias e portfólios onde a SoftBank já atua. A parceria expande o acesso aos principais computadores quânticos da IonQ em todo o mundo.

Com a parceria, a SoftBank Vision Fund 2 também se junta à base de investidores da IonQ, quando a empresa sediada em College Park, Maryland (EUA), se aproxima de sua estreia pública. Este é o primeiro investimento da SoftBank em computação quântica, disse Kirthiga Reddy, sócia da SoftBank Investment Advisers, segundo informações do Wall Street Journal (WSJ). Os termos financeiros não foram divulgados.

"A parceria com a SoftBank permitirá que a IonQ coloque nosso hardware quântico líder da indústria nas mãos de empreendedores, construtores e solucionadores de problemas em todo o mundo. De logística a proptech e ciência de materiais, as aplicações potenciais da computação quântica aos interesses da SoftBank são muitas", disse Peter Chapman, CEO e presidente da IonQ, em comunicado à imprensa.

A empresa revelou que tem planos de desenvolver computadores quânticos modulares pequenos o suficiente para serem conectados em rede em 2023, o que pode abrir caminho para uma ampla vantagem quântica até 2025.

A IonQ expandirá ainda mais o acesso ao quantum enquanto se prepara para se tornar a primeira empresa de computação quântica de capital aberto por meio de uma fusão com o dMY Technology Group III.

Não foi divulgado quais empresas do portfólio da SoftBank podem começar a se valer da tecnologia de computação quântica da IonQ.

As empresas do portfólio da SoftBank Investment Advisers variam da empresa coreana de comércio eletrônico Coupang à Karius Inc., que usa inteligência artificial para identificar doenças infecciosas, e a empresa de impressão 3D Formlabs Inc. A SoftBank também investiu recentemente na Axiata Digital Advertising Sdn. Bhd., uma empresa de dados, IA e marketing digital da Malásia, de acordo com o WSJ.

Reddy disse ao jornal que ficou impressionada com a capacidade do IonQ de fazer pesquisas em laboratórios universitários e aplicá-las em usos comerciais em estágio inicial nos setores de energia e manufatura, e em abrir o uso de seus atuais dispositivos de computação quântica em estágio inicial por meio de parcerias com provedores de serviços de computação em nuvem.

"A parceria com a IonQ é apenas o exemplo mais recente de nosso compromisso em apoiar os visionários que estão resolvendo os problemas de amanhã hoje. Tanto no portfólio da SoftBank quanto no mercado mais amplo, acreditamos que não haverá uma indústria que não seja afetada pela revolução quântica", disse Reddy.

A IonQ deu a dezenas de milhões de desenvolvedores de software acesso ao seu atual dispositivo de computação quântica em estágio inicial por meio de parcerias com os provedores de serviços de nuvem Amazon Web Services e Azure da Microsoft.

“Essa democratização agora coloca a computação quântica nas mãos de milhões de organizações e pessoas em todo o mundo, e a inovação que deve ser desbloqueada é muito empolgante para nós”, disse Reddy à publicação, acrescentando que foi capaz de escrever seu primeiro programa de computação quântica no AWS e executá-lo no dispositivo IonQ. “E eu não programo há anos”, acrescentou ela.

A estratégia da IonQ envolve a comercialização de pesquisas sobre íons aprisionados, que naturalmente exibem os efeitos da mecânica quântica necessários para que as máquinas funcionem, disse Chapman anteriormente.

O investimento da SoftBank será usado para ajudar a financiar os objetivos técnicos do IonQ, entre eles a construção de uma máquina de computação quântica do tamanho de um console de videogame Xbox, diz a publicação, um tamanho significativamente menor do que as máquinas em estágio inicial no mercado hoje. O dinheiro também ajudará a IonQ a competir por talentos de computação quântica e entrar no mercado japonês, disse Chapman.

(Com informações de The Wall Street Journal)

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15