Home  >  Plataformas

Governo cria câmara para alavancar IoT

Iniciativa para gestão e acompanhamento de sistemas M2M foi anunciada para desenvolver uma política que alinhe produtividade, privacidade e padrões abertos

Computerworld

10/10/2014 às 11h05

Foto:

Internet das coisas entrou no radar do Estado. O governo abriu os olhos e tenta alavancar o conceito no Brasil. Na quinta-feira (09/10) o Ministério das Comunicações publicou uma portaria para estimular comunicação máquina a máquina. Expectativa é ter 23 milhões de equipamentos M2M no país em 2016. 

Uma câmara setorial específica para Gestão e Acompanhamento do Desenvolvimento de Sistemas de Comunicação Máquina a Máquina foi inaugurada com o objetivo de desenvolver uma política que alinhe produtividade, privacidade e padrões abertos como princípios norteadores. 

Fazem parte dessa iniciativa representantes do governo – Minicom, MCTI e MDIC –, da Anatel, instituições de pesquisa e iniciativa privada. 

Qualcomm, Intel, Freescale, Broadcom, Ceitec, ARM, Microsoft, Oracle, Telefônica/Vico, Tim, Claro/Embratel, Samsung, Apple, Google, V2COM, GSMA e CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil) foram algumas das empresas que participaram da primeira reunião.

A Anatel estima que existam cerca de 150 milhões de equipamentos de comunicação entre máquinas operando atualmente no Brasil. Grande parte delas atua em atividades como comando remoto e controle de energia em ambiente industrial. 

 

Deixe uma resposta