Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Plataformas

Google Cloud lança solução de compartilhamento de dados para mercado de capitais

Editores de dados de mercado, como Accern e OneTick, já contam com o Datashare para ajudar a monetizar seus dados

Redação

27/05/2021 às 21h30

Foto:

Legenda: Adobe Stock

O Google Cloud anunciou nesta quinta-feira (27) o Datashare para serviços financeiros, nova solução da gigante de tecnologia criada para atender todo o ecossistema do mercado de capitais. O compartilhamento de dados é baseado nos serviços de analytics do Google Cloud, como o BigQuery, e alavancará o Analytics Hub. O Datashare foi lançado no Google Cloud Financial Services Summit, que ocorreu nesta quinta-feira.

O lançamento foi pensado especialmente para editores de dados de mercado como bolsas e outros provedores e consumidores de dados, como bancos de investimento, gestores de ativos e fundos de hedge.

“Os editores e consumidores de dados precisam processar grandes volumes de dados de fontes distintas rapidamente e precisam acessar tudo em um só lugar com o toque de seus dedos”, disse David Easthope, analista sênior da Coalition Greenwich. "De acordo com nossa pesquisa, mais de dois terços dos usuários finais de dados de mercado em todo o mundo acreditam que é fundamental para os provedores de dados de mercado melhorar a acessibilidade por meio da nuvem".

O compartilhamento de dados para serviços financeiros - criado no Google Cloud - atende às necessidades do editor de dados de mercado e do consumidor de dados, organizando dados de terceiros e tornando-os mais acessíveis e úteis, diz a empresa. Com o Datashare, os editores de dados podem integrar seus conjuntos de dados licenciados ao Google Cloud com segurança e facilidade, enquanto os consumidores de dados podem acessar esses dados em ferramentas como o BigQuery, de acordo com comunicado da empresa.

“À medida que o cenário de dados globais continua a evoluir, os editores de dados de mercado precisam considerar modelos baseados em nuvem para acompanhar as demandas de seus clientes que esperam maneiras fáceis, flexíveis e econômicas de consumir dados de mercado”, disse Christin Brown, líder global de Soluções Técnicas do Setor de Serviços Financeiros, Google Cloud.

“As partes interessadas no ecossistema, incluindo consumidores, bancos corporativos e de investimento, gestores de ativos e fundos de hedge, estão cada vez mais pedindo aos editores de dados o fornecimento de dados por meio da nuvem. O compartilhamento de dados resolve esse problema tornando os dados de mercado acessíveis e benéficos para editores e consumidores”, acrescenta.

Segundo o Google Cloud, os recursos do Datashare incluem:

  • Entrega de dados em lote, o que permitirá aos editores fornecer dados de referência, dados históricos de ticks, fontes alternativas de dados de mercado e muito mais por meio do BigQuery.
  • Streaming de dados em tempo real. Através do canal de entrega de dados baseado em eventos é possível mudar rapidamente os preços dos instrumentos, dados de ticks, pedidos, notícias e outros por meio do Pub/Sub; os consumidores de dados podem processar mensagens individuais ou retroceder até um ponto no tempo para reproduzir um cenário de mercado anterior e mudanças no modelo de teste.
  • Monetização de dados. Os editores de dados de mercado podem integrar seus conjuntos de dados licenciados ao Google Cloud e disponibilizá-los por meio do Google Cloud Marketplace.

Vários editores de dados já estão trabalhando no projeto, como OneTick e Accern.

“Ao disponibilizar nossos dados via Datashare, podemos capacitar as empresas a acessar, compartilhar e distribuir facilmente os dados críticos de mercado de séries temporais necessários para conduzir as operações de negociação, executar analytics sofisticadas e atender aos exigentes requisitos de conformidade”, disse Ross Dubin, vice-presidente sênior e chefe global de Vendas da OneTick.

Catalina Vazquez, diretora de proposições da Refinitiv, acrescentou que seu trabalho com o Google Cloud ajudaria as instituições financeiras a obter as informações de que precisam com mais rapidez "combinando as ferramentas de machine learning do Google Cloud com os dados do histórico de tique da Refinitiv no BigQuery".

"Este modelo muda o paradigma para a comunidade financeira, ajudando-os a gastar menos tempo e dinheiro gerenciando dados e mais tempo inovando e impulsionando o desempenho dos negócios com uma vantagem competitiva", disse Vazquez.

(Com informações de ZDNet)

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15