Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Plataformas

Dynatrace anuncia entrada no mercado de segurança de aplicações em nuvem

Novo módulo da plataforma oferece segurança contínua para aplicações em nuvem, com recursos já otimizados para ambientes de Kubernetes e DevSecOps

Da Redação

15/12/2020 às 10h26

Foto: Adobe Stock

A Dynatrace anunciou sua entrada no mercado de segurança de aplicações em nuvem com a adição de um módulo à sua plataforma de inteligência de software. Batizado de Dynatrace Application Security Module, a solução é otimizada para arquiteturas Kubernetes e abordagens DevSecOps. Com tecnologia Runtime Application Self-Protection (RASP), oferece recursos de proteção contínua em tempo real para aplicações em ambientes de produção e pré-produção.

Segundo a companhia, o novo módulo herda todas as opções de automação, inteligência artificial e escalabilidade da plataforma Dynatrace.

Desafios na nuvem

Pesquisas da IDC preveem que até 2022, 90% das novas aplicações empresariais em todo o mundo serão desenvolvidas já como nativas na nuvem, usando metodologias ágeis e arquiteturas baseadas em APIs que aproveitam microsserviços, contêineres e funções sem servidor.

As abordagens tradicionais de segurança de aplicações não conseguem acompanhar esses ambientes em constante mudança. Apesar de terem investido em várias ferramentas para gerenciar ameaças à segurança, as organizações continuam tendo pontos cegos e incertezas sobre as exposições e seu impacto nos aplicativos nativos na nuvem.

Quando as vulnerabilidades são detectadas, as abordagens atuais exigem processos manuais que fornecem análises imprecisas de risco e impacto e forçam as equipes a perderem tempo perseguindo falsos positivos. Além disso, a inovação acelerada e os processos DevSecOps mudaram os testes de segurança, colocando mais responsabilidade sobre os desenvolvedores para garantir que o código não tenha vulnerabilidades.

Sem nenhum tempo para as equipes analisarem, avaliarem e gerenciarem manualmente os riscos com base em resultados de varredura amostrados ou programados, mesmo as vulnerabilidades mais comuns e bem documentadas podem permanecer não detectadas e abertas para os hackers explorarem.

De acordo com a Dynatrace, a nova solução vai na direção desses desafios combinando recursos RASP automatizados.

Já disponível, o novo módulo de segurança de aplicações se junta às suítes de monitoramento de infraestrutura, monitoramento de aplicação e microsserviços, monitoramento de experiência digital, análise de negócios e automação em nuvem como parte da plataforma de inteligência de software Dynatrace.

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15