Home  >  Plataformas

3 dicas para potencializar as vendas no Dia das Mães

Segundo Google Cloud, varejistas devem se preparar para potencializar o atendimento das demandas no período

Da Redação

09/05/2019 às 17h00

Foto: Shutterstock

Uma das datas mais aguardados pelos varejistas no Brasil, o Dia das Mães exige que os sites de e-commerce estejam preparados para potencializar o atendimento das demandas no período.

Levantamento recente do Google, relacionado ao Dia das Mães de 2018, mostra que 25% dos brasileiros declaram que compram seus presentes para a data pela Internet.

Além disso, a pesquisa também aponta que 8 em cada 10 brasileiros pesquisam digitalmente antes de comprar, e que 7 dos 10 produtos mais vendidos pela internet foram eletrônicos, eletrodomésticos ou eletroportáteis.

Veja abaixo 3 dicas do Google Cloud para que os varejistas on-line consigam garantir o atendimento dos consumidores no Dia das Mães:

1-Tenha uma infraestrutura de nuvem flexível: ter a possibilidade de aumentar a capacidade de nuvem contratada durante datas sazonais é vital para lojas on-line. O aumento da capacidade de processamento conforme a demanda e a possibilidade de voltar à capacidade anterior sem gerar custos adicionais são alguns dos benefícios de estar na nuvem, mas é preciso contar com um parceiro que o ajude a planejar o aumento de capacidade para a data;

2-Garanta uma boa experiência aos clientes: o Google Cloud oferece ferramentas para gerenciar melhor as demandas como o Kubernetes Engine, um ambiente gerenciado para implantação de aplicativos em contêineres. Ele não tem um limitador de load balance e, por isso, pode distribuir os usuários entre os microsserviços oferecidos, acelerando o processamento dos dados e a exibição dos resultados da busca do site;

3-Diminua a latência: O tempo de espera entre o envio de uma informação para a loja e a chegada da resposta ao consumidor pode ser um vilão dos sites de e-commerce. Este é um fator primordial para que lojas on-line consigam atender um alto volume de vendas. Quanto mais próximo o servidor, menor o tempo de resposta. Por isso, contrate uma empresa de computação em nuvem que tenha infraestrutura no Brasil.