Home  >  Negócios

Zoom anuncia plataforma de eventos on-line e novos recursos de colaboração

Chamados OnZoom e Zapps (Zoom for Apps), funcionalidades foram mostradas durante evento global da empresa

Mônica Wanderley

14/10/2020 às 12h00

Foto: Divulgação/Zoom

A plataforma de videoconferência Zoom divulgou nesta quarta-feira (14) dois anúncios importantes que mostram a estratégia da companhia de aproveitar o momento atual, no qual o distanciamento social ainda é presente no mundo, para se lançar em novas frentes: a criação de uma plataforma específica para hospedar eventos online (chamada OnZoom) e o lançamento de integrações dentro da sua plataforma de reuniões, de forma a incluir a ferramenta não só no momento das calls, mas inseri-la de fato no fluxo de trabalho das equipes. 

Em um evento para jornalistas realizado na terça (13), a empresa deu os primeiros detalhes de ambas as soluções, que foram comunicadas há pouco no Zoomtopia, conferência oficial da empresa. 

Nova aposta 

Falando sobre a nova vertical de eventos, aparentemente a ideia é unir o útil ao agradável: diversas plataformas de compra de ingressos e gestão de eventos (como a brasileira Sympla) formaram parcerias com o Zoom para oferecer o serviço de live streaming e viabilizar eventos aos usuários do serviço. A ideia da empresa, ao que parece, é que ela pode oferecer uma solução mais completa e fluida — daí o nome "OnZoom". 

Wei Li, Diretora de Plataforma e IA dentro da empresa de videoconferência, apresentou as informações iniciais sobre o novo produto, que passa a funcionar hoje nos EUA e deve chegar ao mundo no início de 2021. 

De acordo com a executiva, o serviço de eventos tem capacidade de abrigar até 1mil usuários dentro do evento gravado, ou é possível executar a função de live streaming, aumentando o público. Para utilizar o OnZoom, o dono do evento precisa ter o plano pago do serviço, mas o público pode fazer o acesso com a conta gratuita. 

O OnZoom já está disponível para uso dentro dos Estados Unidos e, inicialmente, tem o PayPal como único parceiro para viabilizar as compras de ingressos. Porém, Li já adiantou que novas processadoras deverão ser adicionadas “muito em breve”. 

Consolidando presença nos escritórios 

O segundo anúncio do Zoom, mais relacionado ao uso que já conhecemos, vem com o objetivo de integrá-lo de forma mais completa à rotina de trabalho das pessoas, de forma que o Zoom não seja apenas uma ferramenta utilizada para um fim específico (viabilizar reuniões à distância), mas incorporado como uma ferramenta tão importante quanto o e-mail. 

Para isso, a empresa lançou o Zapps, sigla de Zoom for apps, são integrações com atualmente 35 parceiros que têm o objetivo de incluir outras soluções corporativas dentro da plataforma da empresa.  

Ross Mayfield, Product Lead da área de integrações, explicou que a principal diferença do Zapps para os apps que existem no marketplace da empresa está no fato de que, no marketplace, o produto de videoconferência é conectado dentro do sistema de outros produtos. Já a solução anunciada nesta terça fez o caminho inverso, utilizando os recursos desses apps dentro do seu ecossistema para oferecer uma nova experiência. 

Tela do Zoom já com atualização do Zapps

Durante a apresentação, a empresa mostrou um exemplo de como o Zapps interagem dentro da sua plataforma usando o Dropbox, uma das empresas parceiras.  

A extensão, que foi facilmente achava dentro da tela de videoconferência, foi utilizada como uma espécie de pasta compartilhada da reunião, que os integrantes da equipe poderiam acessar para conferir tanto as reuniões prévias feitas via Zoom (que ficam salvas e acessíveis na pasta) como consultar arquivos relacionados e mesmo uma "ata" para verificar o andamento das ações. 

O Zapps será lançado com 35 parceiros, que vão deste empresas como SuperHuman (para gestão de emails), Pitch (apresentação), Coursera, Slack,  Salesforce, Hubspot, Service Now, Asana e Trello, entre outras. 

“Acredito que o Zapps vai transformar o SAAS”, avalia Mayfield “É um novo modelo de distribuição, adoção e engajamento de aplicativos colaborativos. Veremos o surgimento de aplicativos do Zoom para [um formato de] experiência social colaborativa que nós apenas começamos a imaginar”. 

Tags