Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Usuários querem alternativas de senha que facilitam login e priorizam privacidade, diz estudo

Senhas rigorosas, demanda de informações pessoais e tempo gasto para cadastro são razões que levam os consumidores a desistirem de acessar sites

Redação

22/09/2021 às 20h50

mulher trabalhando em notebook
Foto:

Enquanto segurança, privacidade e experiência do usuário ganham cada vez mais popularidade e a atenção das empresas, a alta oferta de serviços on-line faz com que muitas pessoas simplesmente desistam de acessar alguns sites que dificultam sua experiência. A pesquisa da Ping Identity identificou que mais de três quartos dos entrevistados abandonaram ou pararam de criar conta on-line por motivos como excesso de demanda de informações pessoais e muitas etapas de segurança.

A Ping Identity Consumer Survey questionou mais de 3.400 consumidores nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França e Austrália sobre suas experiências típicas de registro e login, atitudes em relação à privacidade on-line e disposição para compartilhar informações pessoais.

“Com mais opções do que nunca, as empresas agora precisam integrar suas estratégias de segurança, privacidade e experiência do usuário para acompanhar as expectativas dos consumidores modernos”, disse Richard Bird, diretor de Informações ao Cliente da Ping Identity.

A exigência dos consumidores por experiências mais fáceis e rápidas levam 77% dos entrevistados a afirmarem que já abandonaram ou pararam de criar uma conta on-line por vários motivos, incluindo a solicitação de muitas informações pessoais (40%), a necessidade de muito tempo para inserir as informações (33%) e muitas etapas de segurança (29%).

Mais da metade (56%) abandonou um serviço on-line quando o login era muito frustrante e 63% têm probabilidade de deixar um serviço on-line para um concorrente que torna significativamente mais fácil autenticar a identidade.

“Os indivíduos não hesitam em encontrar experiências melhores em outros lugares, então as empresas que priorizam a experiência do cliente agora ganharão fidelidade no longo prazo”, adiciona Bird.

Quanto às medidas de segurança, 58% dos entrevistados afirmaram que se sentem confortáveis ​​com o conceito de um recurso de ID digital que armazena informações pessoais com segurança em um smartphone para compartilhar eletronicamente. Enquanto quase a metade (46%) dos respondentes preferem usar um serviço ou site que ofereça uma alternativa às senhas.

A preocupação com a privacidade e a segurança aparece na parcela de quase três quartos (72%) dos entrevistados que afirmaram ajustar manualmente suas configurações de perfil para controlar a privacidade, incluindo 89% da Geração Z, segundo o estudo. Uma porcentagem menor (60%) afirma que abandonou uma conta por questões de privacidade, incluindo 46% que o fizeram mais de uma vez.

Porém, ainda que preocupados com a segurança de seus dados, quase a metade (44%) dos entrevistados reconhecem que ainda utilizam senhas fracas, incluindo pequenas alterações em uma senha antiga (29%) ou reutilizando uma senha de outra conta (15%).

Para dar conta de todas as demandas de segurança e privacidade, 85% se dizem interessados ​​em aprender como os serviços on-line compartilham suas informações pessoais, mas 72% dizem que essas informações são difíceis de encontrar.

Com informações de The Register

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15