Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Totvs anuncia proposta de combinação de negócios com Linx

Feita nesta sexta, a proposta tem como objetivo unir negócios de ambas as marcas para a criação da "maior entidade SAAS listada na América Latina"

Da Redação

14/08/2020 às 13h20

Foto: Shutterstock

Na manhã desta sexta-feira (14) a Totvs anunciou em sua página para investidores a realização de uma proposta de combinação de negócios com a Linx, companhia focada na produção de softwares de gestão para varejistas. 

Na apresentação divulgada pela empresa, o argumento apresentado pela a Totvs é de que a união dos negócios formaria "a maior entidade SAAS listada na América Latina, com receita líquida pro-forma de R$ 3,2 bilhões." 

Outros pontos de oportunidades apresentados pela empresa dizem  respeito à complementaridade de serviços oferecidos por ambos os negócios, tanto na divisão principal de ERP (na qual a Linx tem como fortaleza forte presença no segmento de varejo), na vertical de pagamentos (onde ambas as empresas lançaram iniciativas nos últimos anos) e ofertas digitais (principalmente vendas, martketing, omnichannel e e-commerce). 

Caso a operação seja aprovada, os acionistas da Linx receberão uma ação da Totvs e R$ 6,20 reais para cada papael da Linx, fazendo com que os acionistas da empresa detenham cerca de 24% do capital da Totvs. 

"A Transação possui um forte racional estratégico em razão  da  alta  complementariedade  de  mercados,  soluções  e  serviços, resultando em uma substancial criação de valor para as companhias, seus respectivos acionistas, clientes e colaboradores", explica a Totvs no fato relevante publicado. 

A oferta ocorre dois dias após a empresa de pagamentos Stone ter divulgado ao público a compra da Linx por valor um pouco maior do que R$ 6 bilhões, com o objetivo de aproveitar a já citada presença da empresa no setor varejista para expandir sua solução de pagamento dentro do segmento. 

A compra da Linx pela Stone ainda precisa passar pela aprovação do Cade (autarquia que regula fusões e aquisições no Brasil) e, caso a empresa decida apreciar a oferta da Totvs, o acordo com a StoneCo prevê multa de de R$ 605 milhões. 

Tags

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15