Home  >  Negócios

SoftBank anuncia prejuízo recorde e CEO diz ter sido ‘tolo’ ao investir no WeWork

Conglomerado japonês investiu US$ 10 bilhões na startup de escritórios compartilhados. Fundo de venture capital teve prejuízo de US$ 18 bilhões

Da Redação

18/05/2020 às 19h13

Foto: Shutterstock

Masayoshi Son, fundador e presidente do conglomerado japonês SoftBank, se mostrou arrependido do investimento bilionário feito na WeWork, startup de escritórios compartilhados. Nesta segunda-feira (18), quando a companhia anunciou os resultados financeiros do último ano, Son disse: "Foi tolo de minha parte investir no WeWork. Eu estava errado".

A WeWork já viu dias melhores. No ano passado, a empresa chegou a ser avaliada em US$ 47 bilhões. Ao longo de dois anos, o SoftBank, por meio de fundo de investimentos que controla - o Vision Fund, aportou mais de US$ 10 bilhões na startup - montante que rendeu ao WeWork a alcançar o título de umas startups mais valiosas do mundo antes de a empresa tentar um desastroso processo de IPO.

O SoftBank afirmou nesta segunda que o WeWork valia US$ 2,9 bilhões no final do primeiro trimestre deste ano. No final do ano passado, a startup valia US$ 7,3 bilhões.

Prejuízo recorde

Son também anunciou um prejuízo anual recorde para o conglomerado - cerca de US$ 12,6 bilhões e um déficit de quase US$ 18 bilhões para o Vision Fund. Son disse que os unicórnios de tecnologia haviam mergulhado no "vale do coronavírus". Segundo ele, 15 das 88 empresas no Vision Fund devem quebrar.

A Uber, outra empresa fortemente afetada pela crise do coronavírus, também integra o portfólio do Vision Fund. Nesta segunda-feira, a companhia de transporte por aplicativo anunciou mais 3.000 demissões. "É uma crise enorme para muitos de nós", disse Son.

Ainda nesta segunda, grande aliado de Son, o fundador do Alibaba, Jack Ma, informou que deixaria o conselho do SoftBank. Son investiu US$ 20 milhões na empresa de e-commerce chinesa em 2000. Hoje, essa parcela do Alibaba -- cerca de 25% - vale mais de US$ 133,1 bilhões.