Home  >  Negócios

ServiceNow adquire Lightstep com foco em observabilidade de fluxos de trabalho digitais

A aquisição ajudará os clientes da ServiceNow a acelerar a transformação digital com fluxos de trabalho orientados para ações e ideias em tempo real

Redação

11/05/2021 às 12h00

Escritório ServiceNow
Foto:

Legenda: Adobe Stock

A ServiceNow, especialista em fluxo de trabalho digital, anunciou nesta segunda-feira (10) que assinou um acordo de aquisição da Lightstep, empresa de monitoramento e observabilidade de aplicativos. Com a Lightstep, a ServiceNow ajudará os engenheiros de DevOps a construir, implantar, executar e monitorar aplicativos nativos da nuvem de última geração.

Juntas, as empresas estenderão os benefícios da observabilidade em toda a empresa por meio de fluxos de trabalho digitais que convertem insights em tempo real em ações em todas as tecnologias, pessoas e processos que possibilitam os negócios digitais. Segundo a ServiceNow, a combinação das empresas fornecerá percepções operacionais profundas para que as empresas possam usar pilhas de tecnologia moderna com mais eficácia.

A solução da Lightstep analisa métricas de todo o sistema e dados de rastreamento em tempo real para entender a causa e os efeitos das alterações no desempenho, confiabilidade e velocidade de desenvolvimento do aplicativo. A Now Platform coordena a resposta técnica e da equipe, conectando insights com ações necessárias para impulsionar a transformação digital.

“As empresas estão apostando em se tornarem digitais para prosperar no século 21, mas a transição costuma ser difícil de navegar", disse Pablo Stern, vice-presidente sênior e gerente geral de produtos de fluxo de trabalho de TI da ServiceNow. "Com a Lightstep, a ServiceNow transformará as soluções de software que são entregues aos clientes. Isso tornará mais fácil para os clientes inovarem rapidamente”.

Lightstep é a solução de observabilidade utilizada por empresas nascidas na nuvem, como GitHub, Spotify e Twilio. A plataforma fornece uma abordagem unificada para observabilidade com visibilidade de todo o sistema e percepções integradas em métricas, rastreamentos distribuídos e logs.

"Hoje, a capacidade de observação beneficia principalmente as equipes de DevOps que criam e operam aplicativos de missão crítica", disse Ben Sigelman, CEO e cofundador da Lightstep. "Sempre acreditamos que o valor da observabilidade deve se estender por toda a empresa, proporcionando maior clareza e confiança a cada equipe envolvida nesses negócios digitais modernos. Juntando-nos à ServiceNow, juntos realizaremos essa visão para os nossos clientes e ajudaremos a transformar o mundo do trabalho em processo - e não poderíamos estar mais animados com isso".

O plano da ServiceNow é estender seu tecido empresarial digital por meio de seu portfólio de produtos de TI (ITBM, ITOM, DevOps, SecOps e ITSM) com Lightstep.

A Lightstep, sediada em São Francisco, foi cofundada em 2015 por Ben Sigelman, CEO, Ben Cronin, COO, e Daniel Spoonhower, arquiteto-chefe. Os principais membros da equipe da Lightstep ajudaram a definir a capacidade de observação moderna com seu trabalho anterior de rastreamento e monitoramento de métricas no Google. Os membros da equipe da Lightstep também cocriaram os projetos de código aberto OpenTracing e OpenTelemetry.

A ServiceNow espera concluir a aquisição da Lightstep no segundo trimestre de 2021. Os termos financeiros do negócio não foram divulgados.