Home  >  Negócios

Rival chinesa da Nvidia busca arrecadar mais de US$ 700 milhões

Empresas chinesas de semicondutores estão angariando grandes fundos de investidores para oferecer alternativas ao mercado ocidental

Da Redação

23/12/2020 às 15h00

Foto: Horizon Robotics

A Horizon Robotics, startup unicórnio especializada em chips de inteligência artificial para robôs e veículos autônomos, anunciou nesta terça-feira (22) que garantiu US$ 150 milhões em financiamento. Os lucros são o primeiro fechamento de uma rodada da Série C de mais de US$ 700 milhões que a Horizon está tentando levantar, de acordo com o TechCrunch. A empresa busca suporte financeiro para oferecer ao mercado ocidental opções alternativas de chipsets avançados.

O financiamento parcial é liderado conjuntamente por investidores proeminentes 5Y Capital (anteriormente Morningside Venture Capital), Hillhouse Capital e Capital Today. O braço internacional da corretora chinesa Guotai Junan e a KTB Network, uma entidade de investimento sob o conglomerado coreano KTB, também participaram, diz o site.

Segundo a reportagem do TechCrunch, a rodada chegou menos de dois anos depois que a Horizon concluiu sua rodada de US$ 600 milhões da Série B, que avaliou a empresa em US$ 3 bilhões pós-dinheiro e também contou com a participação de financiadores coreanos, incluindo SK China, a subsidiária chinesa do conglomerado SK Group, e SK Hynix, unidade de semicondutores da SK.

Nesse ritmo e com esse capital, a Horizon planeja acelerar o desenvolvimento e comercialização de seus chips automotivos, soluções de direção autônoma e, também, visa construir um “ecossistema aberto” para parceiros da indústria.

Nos últimos dois anos, a China tem se esforçado para se tornar independente das gigantes ocidentais de chips. Empresas locais como a Huawei, estão despejando recursos em processadores de direção autônomos, na esperança de igualar ou superar as tecnologias da Nvidia e da Intel Mobileye, diz a reportagem.