Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Reino Unido investigará compra da ARM pela Nvidia

Autoridades britânicas apontam que ARM é fornecedora chave de tecnologia na indústria semicondutores e alegam preocupação com segurança nacional

Redação

20/04/2021 às 18h53

Foto:

Alegando motivos de segurança nacional, o governo do Reino Unido ordenou nesta semana uma investigação para analisar a aquisição da empresa de chips ARM pela Nvidia.

Em um comunicado divulgado nesta segunda-feira (19), Oliver Dowden, secretário digital do Reino Unido, afirmou que o órgão regulador de concorrência do país irá preparar um relatório sobre o tema, analisando as implicações da transação.

“É apropriado que consideremos adequadamente as implicações de segurança nacional de uma transação como esta", afirmou. Uma vez que os resultados da investigação da CMA (Competition and Markets Authority) forem apresentados, é possível que o secretário aprove o negócio ou peça uma segunda rodada de avaliações.

Em uma nota, as autoridades britânicas apontam que a ARM é um fornecedor chave de tecnologia na indústria global de semicondutores, mercado que impacta diretamente a infraestrutura e segurança do Reino Unido.

A Nvidia também se pronunciou sobre o caso, destacando que não acredita que a transação possa apresentar quaisquer problemas material relacionada à segurança nacional. “Continuaremos a trabalhar em estreita colaboração com as autoridades britânicas, como temos feito desde o anúncio deste acordo", completou a companhia.

A aquisição da ARM pela Nvidia tem levantado questionamentos por empresas como Apple, Samsung e Qualcomm, que utilizam os designs criados pela companhia para a produção se seus chips. A preocupação das companhias teria relação com uma potencial mudança no modelo de licenciamento de designs da companhia uma vez que a Nvidia assumir o controle.

A Nvidia afirmou que irá manter o modelo de licenciamento aberto da ARM e que não impedirá que outras organizações tenham acesso aos chips. A empresa também garante que irá manter a sede da ARM em Cambridge, no Reino Unido.

(Com informações de The Verge)

Tags

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15