Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Provedor francês OVH Cloud busca levantar até € 400 milhões com IPO

Anúncio ocorre meses após a empresa ter sofrido um incêndio que prejudicou parte de seu data center, na França.

Redação

22/09/2021 às 16h00

ovh cloud
Foto: Divulgação/OVH Cloud

Avaliado em mais de € 1,1 bilhão em 2016, a companhia francesa de serviços de nuvem OVH Groupe SAS está próxima da sua oferta pública inicial de ações (IPO). Segundo informações do The Register, o IPO tem o potencial de avaliar os negócios da organização em cerca de € 4 bilhões, ou R$ 24,6 bilhões.

A OVH Cloud comunicou, nesta segunda-feira (20), em uma série de documentos, que está “contemplando” um IPO na Euronext Paris, com a intenção de "levantar até € 400 milhões através da emissão de novas ações". O início de abertura do capital da empresa acontece meses depois que um incêndio atingiu parte de seu data center.

Como parte da mudança, os investidores de private equity KKR e Towerbrook, que possuem 10% da participação cada um, e apoiam a empresa desde 2016, pretendem vender algumas das ações.

Os recursos do IPO serão usados, segundo o The Register, para financiar a expansão da empresa para novos serviços e para fortalecer sua base de clientes nos principais mercados. A empresa também pretende expandir seu mercado nas Américas e na Ásia, aumentar a liderança europeia e, potencialmente, mergulhar em fusões e aquisições.

Após o IPO, espera-se que o fundador Octave Klaba e sua família continuem sendo acionistas majoritários, disse a empresa.

A OVH afirma ser o quinto maior provedor de nuvem da Europa, ter 2.400 funcionários e operar 33 data centers, hospedando 400.000 servidores em quatro continentes. A empresa reportou taxas de crescimento anual compostas de 20% nas receitas de 2010 a 2020, quando movimentou mais de € 632 milhões em vendas e teve Ebitda de € 263 milhões, excluindo remuneração baseada em ações e despesas de pagamento de earnouts.

O documento apresentado pela empresa fala ainda dos US$ 58 milhões comprometidos à empresa pelas seguradoras para "cobrir as consequências do incêndio" no seu centro de dados na França, em março, que destruiu o data center SBG2. A OVH foi forçada a cancelar o SBG1 e o incêndio atingiu o serviço em outros celeiros de bits no local, conta a publicação.

Com informações de The Register.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15