Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Processamento de grandes volumes de dados migra para a nuvem, aponta pesquisa

Estudo da Denodo também aponta que habilidades de gerenciamento híbrido e multi-nuvem registram demanda em alta

Redação

20/05/2021 às 14h30

Foto:

Organizações estão ampliando a adoção do processamento em nuvem com o objetivo de aproveitar sua flexibilidade, controlar custos, acelerar o tempo de lançamento no mercado e simplificar o gerenciamento de dados. Estas são as principais descobertas da quarta pesquisa anual de uso da nuvem da Denodo, que entrevistou 150 negócios globais e profissionais de TI de vários setores da indústria.

Segundo o levantamento, a implantação da nuvem híbrida continua a ser a escolha dominante, sendo a opção de um terço das organizações (35 %). A nuvem privada respondeu por quase um quarto de todas as formas de processamento (24%), enquanto a nuvem pública permaneceu estável, com 16%.

A utilização de vários provedores de nuvem continua sendo uma escolha popular para quase uma em cada dez organizações (9%). Aqui, a opção é por adquirir os melhores aplicativos, repositórios de dados e tecnologias de orquestração de infraestrutura entre diferentes provedores de serviços de nuvem para evitar a dependência de um único fornecedor.

A pesquisa destaca também um avanço no percentual de organizações que estão movendo grandes volumes de processamento avançado para a nuvem, que aumentou 25% em um ano. No total, 19,59% das empresas adotaram a prática em 2020.

Entre as práticas mais populares de uso de nuvem estão analytics, infraestrutura e inteligência artificial (IA) e machine learning (ML). Quase metade dos participantes também afirmaram usar múltiplas soluções para integração na nuvem, sendo as mais populares os data lakes, ETL pipeline, cloud data warehouse e armazenamento de objetos.

Em termos de provedores de nuvem, AWS e Azure detém a maior fatia do mercado de nuvem (65 % combinados), enquanto outros, como o Google Cloud, seguem em crescimento.

“Embora já saibamos que a nuvem se tornou uma força inevitável no gerenciamento da infraestrutura de TI, com muitos desafios de migração para a nuvem, as organizações geralmente não têm um caminho claro para a adoção da nuvem”, pontuou Ravi Shankar, vice-presidente sênior e diretor de marketing da Denodo. 

“Nos últimos quatro anos, nosso público vem compartilhando como vê o caminho para uma modernização de infraestrutura de sucesso se desenrolar. Assim como a maioria do nosso público, eu pessoalmente acredito que um data fabric lógico bem organizado, criado com virtualização de dados, pode ser a chave para ajudar as organizações a adotarem uma estratégia híbrida, ou de várias nuvens, que seja fácil de implantar, gerenciar e manter”, completou.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15