Home  >  Negócios

Plataforma para e-commerce Vtex recebe aporte de US$ 140 milhões do SoftBank

Com investimento, empresa pretende ampliar participação em mercados internacionais e aumentar número de contratações

Da Redação

25/11/2019 às 13h08

Foto: Vtex

A Vtex, startup que disponibiliza um software para site de comércio eletrônico, anunciou na sexta (22) um aporte de US$ 140 milhões pelo banco japonês SoftBank.  Os fundos Gávea Investimentos e Constellation também participaram da rodada. 

Em entrevista ao Estado de S.Paulo, o copresidente Mariano Gomide de Faria explicou que a empresa irá usar parte do dinheiro para investir em expansão internacional, com foco nos mercados americano e europeu. 

Apesar de contar com sede em Londres, 70% das receitas da Vtex
parte do mercado brasileiro, local onde também se encontra o time de
tecnologia da marca. O faturamento médio da companhia gira em 40% ao
ano. 

Além de apostar em novos mercados, a empresa deve abrir 150 novas vagas ao longo dos próximos doze meses, sendo cerca de 100 delas no País. Hoje, a Vtex conta com 615 funcionários.  

Novos negócios 

Fundada em 2000, a Vtex já atual em 28 países e para mais de 2,5 mil clientes, como Samsung, Saraiva e O Boticário. Para se manter competitiva no mercado, a firma está apostando no uso de inteligência artificial para otimizar seus serviços: nos próximos anos, a meta é investir ao menos R$ 35 milhões em tecnologias que melhorem o serviço de áreas como logística, aprovação de cartão de crédito e atendimento ao cliente. 

Aquisições também estão no radar: a fim de acelerar o processo de melhorias, a Vtex também pensa em comprar empresas que trabalhem com IA e softwares de gerenciamento de estoque, capazes de auxiliar a marca e seus clientes em momentos de grande demanda como a Black Friday — que nesse ano deve gerar mais de 1 milhão de pedidos sejam realizados em sites que usam a plataforma da Vtex.

Vale destacar que o aporte é o décimo realizado pelo grupo japonês dentro do Brasil. Quinto Andar, Buser e Olist são algumas das empresas que receberam algum tipo de investimento do banco durante 2019.