Home  >  Negócios

Plataforma Nuvemshop recebe aporte de US$ 30 milhões

Com aporte, empresa investirá no aprimoramento de soluções já existentes, como pagamento, frete e gestão de estoque

Da Redação

14/10/2020 às 16h00

Foto: Divulgação

A plataforma de varejo on-line Nuvemshop, que oferece soluções para donos de e-commerces, anunciou nesta terça (13) ter recebido um aporte de US$ 30 milhões (cerca de R$ 170 milhões), em uma captação co-liderada pelos fundos Qualcomm Ventures e Kaszek Ventures

De acordo com a empresa o investimento terá como foco o aprimoramento do ecossistema de soluções que envolve pagamentos, frete, gestão de estoque, ferramentas de marketing, entre outros recursos.  

"Nossos clientes poderão se beneficiar com reduções de custo de frete e pagamentos. Também iremos desenvolver parcerias com especialistas de e-commerce, marketing, design e tecnologia, o que expande a nossa plataforma e agrega valor em nossa oferta", explica Santiago Sosa, CEO e cofundador da Nuvemshop.  

A empresa, que usa a marca Tiendanube nos países de língua espanhola, conta com escritórios em São Paulo, Belo Horizonte, Buenos Aires e está expandindo também para o México e outros países da América Latina.  

O número de colaboradores, que no início de 2020 estava em torno de 150, hoje chega próximo a 300 e deve ultrapassar 1 mil nos próximos anos. "Estamos rapidamente nos tornando um time mais diverso que une jovens talentos com executivos experientes vindos de grandes companhias", diz Sosa. 

De acordo com a marca, o plano de expansão é motivado pela visão da empresa a respeito do futuro do comércio. "Fala-se que a penetração do e-commerce na América Latina vai representar de 10% a 20% do total de vendas no futuro, assim como aconteceu em outros países.  

Nós enxergamos de outro jeito, prevemos uma disrupção massiva no comércio nos próximos 15 anos, o que nos deixa confiantes de que, em média, 90% das vendas passarão de alguma forma por ambientes digitais. E nós teremos um papel fundamental em desenvolver a infraestrutura para que isso aconteça", comenta Sosa.

“As oportunidades de desenvolvimento de um forte ecossistema no comércio da região são inúmeras, existem milhões de PMEs em um mercado de trilhões de dólares“, completa o CEO. 

Tags