Home  >  Negócios

Pandemia aumentou em 34% uso de APIs

Análise foi realizada pela Sensedia, que identificou no dado uma aceleração no uso de soluções digitais

Da Redação

07/08/2020 às 11h30

Foto: Shutterstock

A Sensedia, que desde 2012 atua com foco no desenvolvimento de APIs (aplicações que ajudam sites a realizar determinadas tarefas), detectou nos último semestre um aumento de 34% no consumo da solução, causado principalmente por conta do distanciamento social implementado pela Covid-19, que fez com que muitas empresas precisassem reforçar seus canais de atendimento on-line para atender o usuário. 

“O consumidor vem se habituando a resolver suas coisas - de pagamentos bancários a compra de remédios - por meio de uma jornada digital (inclusive os que tinham pouca intimidade com o digital até alguns meses atrás). Os canais e serviços digitais que foram criados nesse período vão permanecer e a tendência, daqui em diante, é um mix de jornadas online e off-line cada vez mais integradas”, explica Kleber Bacili, CEO da companhia. 

Na análise divulgada, os setores que aumentaram o consumo de APIs no período foram: varejo/e-commerce, com um crescimento de 61%; bancos (24%); seguros/saúde (18%) e pagamentos/fidelidade (17%). Já o setor de serviços foi o mais impactado, e registrou uma queda de 40% no consumo de APIs.  

A companhia, que atua para clientes dos segmentos listados acima, vem registrando um crescimento orgânico de 55% ao ano por conta da demanda dos clientes por novas APIs. E, mesmo em meio a pandemia, a companhia afirmou que o ritmo dos negócios não parou: ela tem crescido na mesma proporção no primeiro quarter deste ano, e prevê um faturamento de R$ 80 milhões no final de 2020.