Home  >  Negócios

O som do sucesso: Spotify cresce em receita e base de assinantes

Empresa sueca divulgou aumento de 26 milhões na base de assinantes premium durante o terceiro trimestre

Da Redação

29/10/2019 às 10h00

Foto: Shutterstock

A plataforma de streaming Spotify divulgou na segunda (28) os resultados financeiros do trimestre, que ficaram acima do esperado. Em resumo, a empresa conseguiu lucrar mais com anúncios e também aumentar a base de assinantes pagos.

A companhia sueca fechou o terceiro semestre com um lucro líquido de 241 milhões de euros, equivalente a 0,36 euro por ação. O número é bastante positivo quando se leve em conta que os analistas estimavam fechamento de 0,29 euro por ação.  No terceiro trimestre de 2018, o Spotify bateu 0,23 por ação.

Apesar das despesas operacionais terem aumentado em 11% (batendo 387 milhões de euros), a receita também subiu em 28%, chegando a 1,73 bilhão de euros — valor acima do que o mercado esperava.

 

Mais ouvintes conectados

Outro resultado benéfico para a empresa está no crescimento da base de assinantes pagos: atingiu 113 milhões no final de setembro, aumento de 26 milhões em relação ao esmo período do ano passado.

Por conta do bom momento, o Spotify projeta encerrar 2019 com até 125 milhões de usuários do serviço premium. Falando da base total (que também contempla quem utiliza a versão gratuita), a marca espera alcançar 270 milhões de pessoas até dezembro.