Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Nvidia estabelece recorde mundial para simulação de computação quântica com novo SDK

Rodando no supercomputador Selene, da Nvidia, o novo SDK simula 8 vezes mais qubits do que o recorde anterior em um teste chave em computação quântica

Redação

16/11/2021 às 10h00

Logo Nvidia
Foto: Adobe Stock

A Nvidia bateu recorde mundial de simulação de computação quântica com novo SDK e disponibilizou o software em beta público. A empresa criou a maior simulação de um algoritmo quântico para resolver o problema MaxCut usando cuQuantum, o SDK da empresa utilizado para acelerar simulações de circuito quântico em uma GPU. O novo SDK rodado no supercomputador Selene da Nvidia simula 8 vezes mais qubits do que trabalho anterior em um teste chave em computação quântica.

Os algoritmos MaxCut são usados para projetar grandes redes de computadores, encontrar o layout ideal de chips com bilhões de caminhos de silício e explorar o campo da física estatística. MaxCut é um problema chave na comunidade quântica porque é um dos principais candidatos para demonstrar uma vantagem de usar um algoritmo quântico, frequentemente citado como um exemplo de um problema de otimização que nenhum computador conhecido pode resolver com eficiência.

Para resolver o problema, a Nvidia utilizou a biblioteca cuTensorNet em cuQuantum rodando no seu supercomputador Selene para simular um algoritmo quântico. Com 896 GPUs para simular 1.688 qubits, a empresa foi capaz de resolver um gráfico com 3.375 vértices, isso significa 8x mais qubits do que a maior simulação quântica anterior, de acordo com a Nvidia - atingindo 96% da resposta mais conhecida.

"Pesquisadores da América Latina estão investindo seus esforços para inserirem seus países no mapa da computação quântica. Com essa novidade, os entusiastas poderão atingir seus objetivos de maneira ainda mais fácil e contribuir para o desenvolvimento de diversas áreas", afirma Marcio Aguiar, Diretor da Divisão Enterprise da Nvidia para América Latina.

A empresa também anunciou que já é possível realizar um test drive com o mesmo software que estabeleceu o recorde. A primeira biblioteca de cuQuantum, cuStateVec, está em beta público, disponível para download. Ele usa vetores de estado para acelerar simulações com dezenas de qubits.

A biblioteca cuTensorNet que ajudou a Nvidia estabelecer o recorde mundial usa redes de tensores para simular até centenas ou mesmo milhares de qubits em alguns algoritmos de curto prazo promissores estará disponível em dezembro.

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15