Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Nvidia anuncia novos processadores para mineração de criptomoedas

Linha CMP é alternativa para frear demanda de placas RTX por mineradores profissionais

Redação

18/02/2021 às 16h57

CMP
Foto:

Legenda: Divulgação/Nvidia

A Nvidia anunciou nesta quinta-feira (18) o lançamento de uma nova família de processadores dedicados à mineração de criptomoedas.

O produto é uma demanda antiga da comunidade e busca mitigar o impacto da prática no mercado de placas de vídeo tradicionais, utilizadas em jogos.

Apelidada de CMP, sigla em inglês para Cryptocurrency Mining Processor (Processador de Mineração de Criptomoedas), a família conta com quatro modelos de processador: 30HX, 40HX, 50HX e 90HX – em ordem crescente de performance.

Leia também: CES 2021: AMD, Intel, Nvidia apresentam novos processadores

Diferente de GPUs tradicionais, os produtos não contam com saídas de vídeo ou capacidade de processamento gráfico, mas têm otimizações de hardware que permitem menor consumo de energia e maior efiência de mineração.

A expectativa é que os modelos sejam lançados entre o primeiro e segundo trimestre deste ano. Preços, no entanto, não foram divulgados.

A ação da Nvidia é vista como uma tentativa de mitigar a explosão de demanda que as criptomoedas tem causado no mercado das GPUs RTX. Originalmente pensadas para jogos, os modelos estão sendo esgotadas por mineradores profissionais.

Além das novas CMP, a Nvidia anunciou uma atualização de driver que reduzirá a performance de mineração de criptomoedas em placas RTX 3060 propositalmente. Com a queda de até 50% do hashrate, a taxa de mineração de criptomoedas, o update deve desestimular o uso dos modelos por mineradores profissionais.

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15