Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Negócio entre Zoom e Five9 é investigado nos Estados Unidos por risco à segurança nacional

Relação da Zoom com a China preocupa um Comitê do Departamento de Justiça, que quer revisar um pedido de licença do negócio

Redação

23/09/2021 às 21h15

logo Zoom em smartphone videochamada
Foto: Shutter Stock

O plano da Zoom de comprar a empresa de cloud californiana Five9 foi colocado em cheque após a divulgação de uma carta da Federal Communications Commission (FCC), dos Estados Unidos, em que o Departamento de Justiça do país pede mais tempo para avaliar o negócio de quase US$ 15 milhões.

O departamento afirma na carta que o comitê responsável pela avaliação de participação estrangeira no setor de telecomunicações precisava revisar um pedido de licença que surgiu no negócio, podendo representar uma ameaça à segurança nacional, de acordo com publicação do Wall Street Journal (WSJ) e informações do site The Register.

Segundo o WSJ, o departamento disse que o Comitê para Avaliação da Participação Estrangeira no Setor de Serviços de Telecomunicações dos Estados Unidos, conhecido como Team Telecom, precisava revisar um pedido de licença que surgiu do acordo.

Datada em 27 de agosto e postada no site da FCC, a carta foi divulgada pelo WSJ nesta terça-feira (21).

A FCC estava analisando um requerimento da Zoom e Five9 como parte da oferta pública de aquisição. Então, David Plotinsky, funcionário do Departamento de Justiça, solicitou ao órgão que aguardasse até que o comitê terminasse de examinar o acordo geral. Segundo a carta, ele diz que o comitê está considerando se a aquisição do Five9 "representa um risco para o país, segurança ou interesses de aplicação da lei”.

O Departamento de Justiça "acredita que tal risco pode ser gerado pela participação estrangeira (incluindo as relações estrangeiras e propriedade) associada com a aplicação", disse Plotinsky, "e uma revisão pelo comitê é necessária para avaliar e fazer uma recomendação apropriada sobre como a [FCC] deve julgar este pedido".

O departamento enxerga o histórico da relação da Zoom com Pequim uma ameaça. A empresa norte-americana é alvo de fortes críticas de segurança, desde sua ascensão com a pandemia, quando apresentou problemas de criptografia que, além de não ser tão forte, ainda detectava conexões de roteamento através da China, diz o The Register. Além disso, a empresa realiza grande parte de seu trabalho de desenvolvimento na China.

“A aquisição da Five9 está sujeita a certas aprovações regulatórias de telecomunicações. Fizemos arquivamentos junto às várias agências regulatórias aplicáveis e esses processos de aprovação estão ocorrendo conforme o esperado. Continuamos prevendo o recebimento das aprovações regulatórias necessárias para fechar a transação no primeiro semestre de 2022”, disse um porta-voz da Zoom ao The Register.

Com informações do The Register

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15