Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Maior fabricante de chips na China investirá cerca de US$ 9 bilhões em nova fábrica

SMIC pretende criar uma joint venture de US$ 5,5 bilhões com o governo chinês para viabilizar o empreendimento

Da Redação

06/09/2021 às 15h00

Foto: Shutter Stock

A Semiconductor Manufacturing International Corp. (SMIC), maior fabricante de chips da China, pretende investir US$ 8,87 bilhões na construção de uma nova fábrica nos arredores de Xangai. O investimento ocorre em um período em que o país se esforça para construir uma indústria forte e globalmente competitiva de microprocessadores, de acordo com o site de notícias Bloomberg.

A SMIC assinou um acordo para estabelecer uma planta de wafers com capacidade para produzir 100 mil por mês na Área Especial Lin-Gang, uma zona de livre comércio administrada pela cidade. Segundo a empresa, a instalação se concentrará em tecnologias mais maduras de 28 nanômetros ou mais e será capaz de produzir até 40.000 wafers de 12 polegadas por mês.

Os chips de nós maduros da instalação de Xangai podem ser direcionados à indústria automobilística, que sofre com a escassez de semicondutores há meses.

Para o projeto, a SMIC planeja estabelecer uma joint venture com capital registrado de US$ 5,5 bilhões com o governo de Xangai para supervisionar o projeto, do qual a empresa terá pelo menos 51%, de acordo com a publicação. As ações da SMIC subiram até 2,7% em Hong Kong e 4,8% em Xangai.

A joint venture é um esforço da China para ser autossuficiente na produção de chips, diante da escassez dos semicondutores em todo o mundo, bem como diante das sanções impostas às empresas de tecnologia chinesas pelos Estados Unidos. Hoje, a SMIC está operando com capacidade total ou perto de sua capacidade total e, diz a publicação, seus executivos contam com a possibilidade de adquirir equipamentos para fazer chips com base em tecnologias mais maduras.

A nova planta da SMIC será construída em uma zona de livre comércio nos subúrbios do Sudeste de Xangai, uma ampliação das áreas livres de tarifas originalmente aprovadas pelo governo chinês para atrair investimento estrangeiro e comércio, diz a Bloomberg.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15