Home  >  Negócios

Base instalada de computadores cresce 25% em um ano e atinge 40 milhões

FGV estima que, ao longo de 2007, as vendas cresçam 16% sobre as 7,4 milhões de máquinas vendidas no ano passado.

Daniela Braun

04/06/2007 às 12h44

Foto:

O Brasil atingiu uma base instalada de 40 milhões de computadores em uso, incluindo empresas e usuários, segundo a 18ª Pesquisa Anual da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), divulgada nesta segunda-feira (04/06).

O número representa um crescimento de 25% sobre a base registrada no mesmo período do ano passado, que era de 32 milhões de PCs em uso. A previsão da fundação é que ao longo de 2007 as vendas de computadores cresçam 16% sobre o total de 7,4 milhões de unidades vendidas no ano passado, para 8,58 milhões.

De acordo com a pesquisa, o sistema operacional Windows, da Microsoft, representa 97% da base instalada ativa nas empresas - 2% correspondem a Unix e família e 1% a outros.

O estudo constatou ainda que as empresas investem 5,5% do seu faturamento em tecnologia da informação. O gasto anual por teclado (gasto total divido pelo número de estações) das empresas com tecnologia ficou estável, em 9 mil dólares, mas o valor em moeda brasileira - 19,4 mil reais - caiu 12%.

O custo anual das empresas por funcionário com tecnologia da informação foi de 8,7 mil dólares, uma queda de 4% em relação ao ano passado.

Para chegar aos resultados, a FVG entrevistou 4,2 mil empresas, das quais 1.660 de médio e grande portes.

Deixe uma resposta