Home  >  Negócios

Google quer aumentar presença de seus apps em dispositivos Samsung

Negociações são favoráveis à gigante do Vale do Silício, já que a coreana sofre com a queda de vendas de dispositivos móveis durante pandemia

Da Redação

04/08/2020 às 16h00

Foto: Shutterstock

Google e Samsung negociam para que a gigante de busca obtenha mais controle e destaque sobre pesquisa em aparelhos Samsung no mundo todo, de acordo com publicação do Bloomberg News.

O Android da Google já é o sistema operacional subjacente nos
dispositivos Galaxy, da sul-coreana, mas o acordo promoveria o
assistente digital do Google e a Play Store para aplicativos nesses
dispositivos, segundo fontes relataram ao site de notícias.

Segundo as fontes relataram à reportagem, a negociação significaria à Google, além de acesso diário mais valioso aos usuários da Samsung, que os serviços móveis da empresa coreana, como o assistente digital Bixby, são menos integrados em seus próprios dispositivos.

A Bloomberg News ressalta que a medida seria uma boa capitulação para a Samsung, mas a pandemia derrubou a demanda de dispositivos móveis, deixando a empresa em uma posição de desvantagem na negociação.

Google e Samsung têm uma parceria tensa, mas bem-sucedida, por meio do Android, diz o site. A gigante da web fornece o software básico de graça, mas anteriormente exigia que os fabricantes de hardware pré-instalassem sua loja de aplicativos Play e um conjunto de produtos comerciais como Search, Chrome e YouTube.

Em troca, a Google às vezes concorda em compartilhar a receita de publicidade com os fabricantes, explica a reportagem.

Os termos do acordo ainda não foram confirmados. Atualmente, a Google paga bilhões de dólares por ano para ser o navegador padrão, Safari, do iPhone e em outros dispositivos da Apple.