Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Google confirma que os chips Ice Lake Xeon da Intel chegarão à sua nuvem

Gigante de buscas afirma que processadores ​​Intel Xeon de 3ª geração oferecerão um aumento de 30% em termos de preço-desempenho

Redação

01/10/2021 às 17h00

Google
Foto: Shutter Stock

O Google anunciou a próxima disponibilidade de novas máquinas virtuais (VMs) Compute Engine N2 com o processador Ice Lake Xeon da Intel e novos formatos maiores de máquina N2. Embora ainda não esteja disponível, a gigante de buscas se juntou a Microsoft, Oracle e Amazon na iniciativa, e trará os chips de 3ª geração de 10 nm da Intel em sua nuvem pública em breve.

As VMs N2 com processadores escaláveis ​​Intel Xeon rodam na frequência básica de 2,6 GHz e 3,4 GHz sustentam todo o turbo do núcleo. Segundo o Google, em postagem no blog, elas oferecem 30% a mais de preço-desempenho para uma variedade de cargas de trabalho, em comparação com VMs do mesmo tamanho executando processadores Intel Xeon de 2ª geração.

O Google Cloud anunciou as novas instâncias do Ice Lake Compute Engine antes de sua conferência on-line Next’ 21, marcada para começar em 12 de outubro, depois das concorrentes Amazon, Microsoft e Oracle.

A Amazon Web Services (AWS), maior provedora de nuvem, anunciou a disponibilidade geral dos processadores escaláveis Ice Lake Xeon em agosto, enquanto a Microsoft anunciou a disponibilidade de visualização no Azure logo após o lançamento da Intel, em abril. A Oracle anunciou o preço e a disponibilidade com o anúncio da Intel.

De acordo com o Google, essas novas VMs N2 serão oferecidas ao mesmo preço que as VMs N2 existentes com base nos processadores escalonáveis ​​Intel Xeon de 2ª geração e seu uso pode ser descontado usando os descontos por uso contínuo N2 existentes. Além disso, os clientes atuais do N1 podem obter melhorias significativas de preço-desempenho para uma variedade de cargas de trabalho com as novas VMs do N2, diz a empresa.

No mesmo anúncio, o Google afirmou que está expandindo a oferta de tipo de máquina da família N2 VM, que agora oferecerá “nossas maiores máquinas predefinidas de uso geral baseadas em Intel até o momento, com até 128 vCPUs e 864 GB de memória para cargas de trabalho de expansão que podem se beneficiar de uma maior número de processos”.

A empresa também está aumentando o número máximo de N2 Custom Machine Types para 96 vCPUs, oferecendo um caminho de atualização de máquinas N1 de uso geral de primeira geração.

O Google observa, ainda, que os processadores escaláveis Ice Lake Xeon oferecem "aceleração embutida, recursos avançados de segurança e maior cache de nível médio e último, que, quando combinados com maior largura de banda de memória, fornecem melhorias significativas no desempenho".

As VMs N2 com processadores escalonáveis Intel Xeon de 3ª geração estarão disponíveis na pré-visualização no início do quarto trimestre de 2021 nas regiões us-central, europe-west e asia-sudeste.

A disponibilidade em outras regiões do Google Cloud, de acordo com as atuais regiões da família de máquinas N2, está planejada para os próximos meses.

Com informações de ZDNet e The Register

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15