Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Inovação

Gartner: 20% das grandes empresas utilizarão moedas digitais até 2024

Executivos devem avaliar as diferentes formas de uso, os riscos e os potenciais impactos da adoção das moedas digitais na rotina dos negócios

Redação do IT Forum

10/01/2022 às 12h30

moedas digitais
Foto:

Legenda: Shutter Stock

Até 2024, 20% das grandes empresas globais usarão moedas digitais para realizar pagamentos, armazenar valor para operação ou para criar garantias digitais (collateral) para uso em longo prazo. A previsão é do Gartner, organização mundial de pesquisa e aconselhamento para empresas.

“O aumento da aceitação de criptomoedas em plataformas tradicionais de pagamento e a ascensão das moedas digitais vão incentivar várias das grandes empresas a incorporar este tipo de ativo em suas aplicações nos próximos anos”, disse Avivah Litan, vice-presidente do Gartner. “As moedas digitais serão primariamente usadas por essas organizações em pagamentos, gestão de reserva de valor e para alavancar a capacidade de promover investimentos de alto rendimento disponíveis em aplicações de financiamento descentralizado (DeFi).”

Antes de avaliar quais são as moedas mais apropriadas e incorporá-las às operações das companhias, porém, os analistas do Gartner recomendam primeiramente que os líderes identifiquem quais são os casos de uso específicos das moedas digitais e como essa utilização impactará cada organização.

Leia também: Por que as empresas devem apostar em inteligência artificial

Segundo a organização, diferentes casos de uso são acompanhados de considerações tecnológicas, regulatórias, jurídicas e estratégicas que precisam ser avaliadas tanto pelos executivos de finanças como pelos técnicos.

“Desde o começo de 2021, nós percebemos um aumento de interesse em moedas digitais e aplicações de Blockchain entre CFOs”, afirma Alexandre Bant, chefe de pesquisa no Gartner Finance. “Enquanto a volatilidade de criptomoedas continua sendo uma preocupação, a antecipação de orientações regulatórias mais claras e o advento de moedas geradas pelos próprio Bancos Centrais agora oferecem aos líderes mais caminhos para os testes de uso das moedas digitais.”

Vários fatores têm impulsionado a adoção. Segundo o Gartner, ela é parcialmente guiada pelo ambiente já saudável de fornecedores de serviço e soluções prontas para uso disponíveis para grandes empresas que identificaram um caminho de uso específico para moedas digitais. Fatores como a proteção contra a maior inflação global em mais de 39 anos, maior clareza regulatória, melhorias no uso de energia e adoção por funcionários, consumidores e fornecedores também colaboram com a tendência.

Leia mais: 11 cargos de TI em alta para 2022, segundo o PageGroup

“Sempre houve apelo teórico no uso de Blockchain e moedas digitais como meio de reduzir custos, aumentar a velocidade do processamento de transações, alcançar novos consumidores globais, ir em direção a contabilidade e auditoria contínuas e criar um ambiente livre de erros e fraudes,” diz Brant.

“Agora, com governos em todo o mundo começando a criar regulamentação sobre o tema, abre-se um potencial caminho para mais bancos centrais aceitarem moedas digitais. Com isso, nós podemos ver uma trajetória em que o uso de moedas digitais pode estar mais previsível e estável no futuro”, completa.

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15