Home  >  Negócios

Em 2 anos, CRM da RD atinge 90 mil usuários e cresce nove vezes em faturamento

Companhia, que projeta aumento em 2021, tem como foco investir em automação e usabilidade, além de auxiliar clientes sobre conformidade com LGPD

Mônica Wanderley

25/09/2020 às 8h30

Foto: Divulgação RD

Quase dois anos após o seu lançamento, a solução de CRM da Resultados Digitais (RD) se encontra em uma posição bastante positiva, especialmente quando se pensa no contexto da pandemia: em menos de um ano, a base total de usuários cresceu 50%, saindo de 60 para 90 mil, e o faturamento do produto cresceu nove vezes em comparação a 2018. 

Head da área de CRM da RD, Luís Lourenço explicou em entrevista à Computerworld que boa parte desse crescimento aconteceu por um conjunto de fatores que vão de melhorias técnicas e usabilidade a “propaganda” dos clientes, que colaboram fornecendo boas notas ao software em portais de avalição como o B2B Stack ou mesmo recomendando a plataforma a outras empresas, por conta do impacto gerado no negócio. “A integração entre marketing e vendas tende a gerar mais resultados para os nossos clientes”, avalia. 

Criado a partir da aquisição da Plug CRM, o serviço de gestão de contatos da RD conta com dois planos: um gratuito, que apresenta recursos como histórico, funil de vendas e integrações; e um pago ao preço de R$ 42/mês por usuário com mais integrações e sem limite de uso para determinadas operações. 

Atualmente, a versão paga do serviço conta com 22 mil usuários, crescimento de 70% em comparação com os 13 mil registrados em 2019; desse total, aproximadamente dois terços (cerca de 16 mil registros) são de usuários que iniciaram o relacionamento com a empresa pelo plano sem custos e, em algum momento, sentiram a necessidade de utilizar os recursos premium. 

Lourenço enfatiza que outro aspecto importante do crescimento do produto está no investimento em conteúdos como ebooks, vídeos e lives, que auxiliem as PMEs a entender como o uso do serviço pode impactar de forma positiva sua geração de renda. 

“No CRM a gente sabe que existe uma oportunidade de educação muito grande, porque a maior parte das empresas não está madura o suficiente para explorar todo o potencial que uma ferramenta de vendas possibilita”. 

Lançamentos recentes

A pandemia da Covid-19 teve um efeito duplo para a área de CRM da RD: apesar de, inicialmente, o nível de inscrições do serviço pago terem diminuído, a necessidade de digitalização vista pelas empresas fez com que a empresa espere terminar 2020 com projeções de crescimento e faturamento bem próximas do planejado.  Nesse meio tempo, a empresa precisou aprimorar soluções já existentes ou mesmo acelerar o lançamento de outras. 

O "Telefone Virtual", funcionalidade lançada em novembro de 2019 que permite ao vendedor entrar em contato com o lead de forma mais rápida, teve a quantidade de créditos dobrada durante o segundo trimestre, para auxiliar as companhias que registraram aumento significativo de contatos digitais. 

Outra novidade lançada recentemente pela RD foi uma integração com o WhatsApp Web, que permite aos clientes utilizarem o app de mensagens para fechar negócios.

Atualmente, Lourenço explica que mais de 8,5 mil usuários utilizam a funcionalidade. Além de utilizar o mensageiro dentro do próprio CRM, ele oferece uma forma simplificada de registrar as informações e incluí-las (ou atualizá-las) dentro do cadastro do potencial que o potencial cliente tenha na base de dados. 

Falando sobre a integração do CRM com a solução de marketing digital (que é o atual carro-chefe da RD), o executivo também explica que foram realizadas melhorias no sentido de aumentar a usabilidade e portabilidade entre os serviços, unificando termos e fluxos para acelerar a curva de aprendizado tanto de quem precisa navegar entre as duas plataformas como para facilitar o uso e recorrência dos novos usuários. 

“Eu brinco com o nosso time que o CRM dá mais tempo de vida para quem é de vendas”, explica Lourenço “O vendedor pode se preocupar com as coisas que realmente importam e ser muito mais produtivo na sua rotina.” 

Competitividade e privacidade 

Para 2021, a RD estima que sua solução de CRM termine o ano com crescimento três vezes maior do que o balanço de 2020. Para aumentar a base sem prejudicar a retenção, a companhia tem como foco investir na plataforma, tanto na parte de usabilidade como no fornecimento de soluções de automação que facilitem a vida do time de vendas. 

“Nossa estratégia [para o próximo ano] continua sendo a mesma: entrar com um plano gratuito dentro de um alto volume de empresas, que agora estão começando a se acostumar com esse tipo de produto, e depois levá-la ao plano pago, potencializando os resultados desses clientes”, afirma Lourenço. 

Já no curto prazo, a divisão está concentrada na Lei Geral de Proteção de Dados, aprovada pela Câmara dos Deputados em 18 de setembro.

A estratégia de ação atual compreende tanto a produção de conteúdos que auxiliem os clientes a atuar em conformidade com a legislação, como nas mudanças que a própria plataforma terá que passar para cumprir com a lei. 

“Ferramentas de CRM basicamente gerenciam e processam dados, então estamos planejando evoluções e implementações para que o produto fique adequado à LGPD e sustente, então, as ações e planos de adequação dos nossos clientes”.