Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Negócios

Elon Musk ignora quarentena e anuncia retomada das atividades na Tesla

Empresário desrespeita as normas de saúde pública e pede que, em caso de problemas com a lei, que seja o único a ser levado para a cadeia

Da Redação

13/05/2020 às 11h07

Foto: Shutterstock

"A Tesla está reiniciando a produção hoje contra as regras do condado de Alameda. Estarei na linha de frente com todo mundo. Se alguém for preso, peço que seja apenas eu", anunciou Elon Musk no Twitter na última segunda-feira (11).

A ordem desrespeita a quarentena imposta pelo governo do estado da Califórnia como forma de combater o avanço do coronavírus. A investida do empresário, fundador da Tesla e SpaceX, contra as medidas de saúde e segurança pública vinham desde o sábado anterior, quando ameaçou que suas empresas abandonariam o estado da Califórnia caso houvesse reação das autoridades ao retorno as atividades.

No final de abril, a Tesla defendeu no Twitter mensagens como "Libertem a América Agora" e já tinha dado sinais de irritação com a quarentena ao postar texto que defendiam o fim dela devido a suposta ineficácia até compartilhar post que sugeria que hospitais lucram mais quando listam pacientes da covid-19. Chegou a fazer piada com os gráficos que demonstram o crescimento exponencial do vírus. E em março, classificou como "estupidez" o pânico com o coronavírus.

Vale lembrar que os Estados Unidos é o país que concentra o maior número de casos e de mortes por coronavírus no mundo atualmente. O país contabiliza, até então, 1,4 milhão de casos confirmados com covid-19 e mais de 83 mil mortes.

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15