Home  >  Negócios

De olho no futuro, Volkswagen e SoftBank investem no setor automotivo chinês

Enquanto montadora alemã injetará 2 bilhões de euros em carros elétricos, banco japonês foca na divisão de carros autônomos da Didi Chuxing

Da Redação

01/06/2020 às 14h00

Foto: Shutterstock

Além de uma potência no mercado de tecnologia, a China também se mostra promissora dentro do mercado automotivo. Tanto para a produção de veículos elétricos (que o país que adotar de forma integral nos próximos anos), como pela possibilidade do uso de soluções autônomas. Querendo “pegar carona” para o longo prazo, Volkswagen e SoftBank anunciaram, de forma separada, que estão envolvidas em iniciativas dentro deste mercado. 

A montadora alemã anunciou na última sexta-feira (29) dois investimentos dentro do setor automotivo chinês: a injeção de 1 bilhão de euros para adquirir 50% de participação da Jac Motors (cujo nome completo é Anhui Jianghuai Automobile Group), além de obter 75% de participação da JAC Volkswagen, joint-venture criada em 2017 com foco 100% em  carros elétricos. 

A empresa também pagará 1,1 bilhão de euros para adquirir 26,5% de participação da fabricante de baterias elétricas Guoxuan High-tech, tornando-se a principal acionista da empresa. 

“A Volkswagen está fortalecendo sua estratégia de eletrificação na China. O segmento de carros elétricos está crescendo rapidamente e oferece muito potencial para a JAC Volkswagen. Estamos impulsionando ativamente o desenvolvimento de células de bateria na China por meio de nosso investimento estratégico na Gotion”, informou em comunicado Herbert Diess, CEO da Volkswagen. 

SoftBank aposta nos autônomos 

Já o banco japonês SoftBank liderou a primeira rodada de investimentos levantada pela divisão de carros autônomos da Didi Chuxing, companhia que atua dentro do ramo de mobilidade com seu aplicativo de corridas e que no Brasil atua com a marca 99. 

Ao todo, foram captados US$ 500 milhões em uma rodada organizada pelo Vision Fund 2, o segundofundo de investimentos do SoftBank Group. De acordo com a Didi Chuxing, o capital será aplicado nas áreas de pesquisa e desenvolvimento, testes e implementação de serviços. 

*Com informações da Reuters