Home  >  Negócios

Contratações feitas dentro do BNE via WhatsApp aumentaram 53% desde o início da pandemia

Plataforma da companhia possui solução que conecta empresas e candidatos pelo mensageiro

Da Redação

15/10/2020 às 9h00

Foto: Adobe Stock

De acordo com levantamento do Banco Nacional de Empregos (BNE), o número de empresas cadastradas em sua base que usam o WhatsApp como ferramenta para entrevistas de empregos e para realizar contratações dobrou 53% de março a setembro deste ano.  

Dentro do site do BNE, na página dos currículos dos candidatos, existe um ícone do WhatsApp que direciona o recrutador diretamente para o bate-papo com o interessado pela vaga. Segundo o site, em março foram 1448 cliques e em setembro 2723, neste ícone. 

Segundo o CEO do BNE, Marcelo de Abreu e Silva, os recrutadores estão optando de forma crescente pelo uso do app. "É evidente que se tornou necessário busca por ferramentas que representam agilidade e praticidade. O WhatsApp deixou de ser apenas uma rede social, é uma ferramenta de trabalho", explica. 

Ainda segundo o executivo, com a utilização do WhatsApp, a entrevista e a contratação são realizadas de forma mais ágil. 

Confira os números de cliques na ferramenta mês a mês: 

  • Janeiro: 2904 
  • Fevereiro: 1941 
  • Março: 1448 
  • Abril: 1614 
  • Maio: 1220 
  • Junho: 1900 
  • Julho: 1879 
  • Agosto: 1835 
  • Setembro: 2723 

"O que os dados mostram também é que o aumento de cliques começou aumentar após a flexibilização do isolamento social, sendo março e maio os meses com mais baixa procura de candidatos. Já no segundo semestre é notável um aumento gradual do mercado de trabalho", diz.