Home  >  Negócios

Centro Paula Souza e empresas de tecnologia realizam hackathon contra Covid-19

Chamada “HackaTrouble”, competição acontece a partir desta sexta e buscará por soluções de curto prazo em áreas como saúde e mobilidade

Da Redação

16/04/2020 às 12h37

Foto: Shutterstock

O Centro Paula Souza (CPS), instituição de São Paulo que conta com um braço de tecnologia, irá realizar nesta sexta e final de semana a "HackaTrouble", competição que tem como meta encontrar soluções de curto prazo que auxiliem o enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) em setores como saúde e mobilidade. 

Para auxiliar os participantes a Amazon Web Services (AWS), por meio de sua infraestrutura de nuvem durante os projetos executados na competição, que irá acontecer dentro de um espaço totalmente virtual. SAE Brasil, Shawee e Mural também são parcerias de infraestrutura da iniciativa. 

O objetivo, explica o comunicado da competição, é que sejam apresentadas soluções que possam ser implementadas em um período de até quatro semanas após a realização do HackaTrouble. 

 A premiação das melhores ideias e soluções, além do potencial fomento para implementação, também inclui visitas às áreas de inovação e fábricas de montadoras instaladas no país. Um certificado de participação será proporcionado a todos participantes do hackathon. 

 As equipes vencedoras serão convidadas, no período de 20 a 26 de abril de 2020, a desenvolverem os projetos de solução que sejam possíveis de implantação e entrega à sociedade até o dia 22 de maio de 2020. 

A HackaTrouble aceita equipes entre 3 e 5 participantes e está aberta a todas as pessoas acima de 18 anos. As inscrições podem ser feitas gratuitamente até as 14 horas desta quinta-feira (16) pelo site www.hackatrouble.com.br