Home  >  Negócios

Brasileiros realizam mais de 70 mil transações digitais por hora

Análise da Visa registra quase 25% em relação ao divulgado no ano anterior, que teve registro de 58 mil por hora

Da Redação

15/03/2018 às 12h39

compra digital
Foto:

O consumidor brasileiro realizou mais de 71 mil compras digitais por hora em 2017, segundo dados do Score Digital, ferramenta de análises da Visa. O número representa aumento de 25% quando comparado a 2016.

O relatório mostra que, com o crescimento de brasileiros ativos no comércio eletrônico e a popularização dos aplicativos de filmes, transportes e música, o consumo digital cresce exponencialmente em números de consumidores e de transações.

A análise revelou ainda que mais de 50% de pessoas com cartão Visa fizeram transações on-line nos últimos 3 meses, crescimento de mais 30% em relação ao ano anterior.

Rodrigo Santoro, diretor executivo da Visa Consulting & Analytics, lembra que é importante entender quem é esse consumidor e como ele se comporta, seja para melhorar a performance de parceiros, criar produtos ou explorar os canais digitais com mais eficiência. "O Score Digital utiliza os dados transacionais da rede de pagamentos da empresa a VisaNet, e tem monitorado migrações, evoluções, intensidade de consumo e vai além disso, antecipa tendências", explica.

O modelo estatístico analisa uma série de variáveis, como intensidade de uso, variedade de comércios online, amplitude de valores gastos, evolução versus tempo, entre outras. São estudadas pela Visa todas as operações realizadas nas lojas virtuais e nos aplicativos, divididas nas seguintes dimensões: Streaming, Social Media, Central de Apps, E-commerces Tradicionais e Inovadores, Apps de Transporte e Turismo.

Perfil do consumidor digital brasileiro

Para entender o perfil dos compradores digitais, o Score Digital avalia os hábitos de compras em três categorias: Low Digital, que possuem um consumo digital esporádico; Medium Digital, que já adotam esses canais no dia a dia, mas em quantidade inferior às transações em lojas físicas; e Heavy Digital, que realizam predominantemente compras no mundo digital.

Nesse cenário, o relatório mostra o seguinte perfil do consumidor digital brasileiro, que já representa 40% da população:

- 43% dos consumidores são Low digital, porcentagem que diminuiu em comparação ao ano anterior (51%);

- Em relação aos intermediários, os Medium Digital representam 43%, vê-se um aumento em relação aos 39% de antes;

- 14% dos consumidores portadores de cartões são Heavy Digital, categoria que também é possível ver um aumento comparado ao do estudo anterior (10%);

- O gasto médio em transações digitais dos Heavy Digital é 3 vezes maior que dos Medium Digital. E é 8 vezes maior que o dos Low Digital, considerando apenas as transações digitais.

Tags