Home  >  Negócios

Após 11 anos, Jeff Weiner anuncia que vai deixar cargo de CEO do LinkedIn

Executivo fica no cargo até 31 de maio, quando será substituído por Ryan Roslansky, atuam Chairman da rede social

Da Redação

06/02/2020 às 10h00

Foto: Shutterstock

Jeff Weiner, presidente executivo do LinkedIn, anunciou nesta quarta (5) que deixará o cargo a partir de junho desde ano para assumir a posição de presidente do conselho. Na mensagem enviada aos funcionários da empresa, Weiner informou que Ryan Roslansky, atual diretor de produtos, assumirá seu posto. 

Na postagem compartilhada em seu perfil na rede social, Weiner explicou que a ideia da mudança de cargo estava na sua mente há alguns anos, mas se solidificou em 2019, quando começou a discutir com Satya Nadela (CEO da Microsoft, empresa que adquiriu o LinkedIn em 2016) a melhor forma de realizar essa transição 

  • Leia na IT Trends: 

5 dicas para turbinar seu perfil no LinkedIn 

Plano de carreira: saiba a forma certa de estruturar o seu 

"Vários fatores convergiram para me levar à conclusão de que agora é o momento certo para fazer essa mudança. Para começar, nosso negócio esteve melhor, nossa cultura nunca foi tão forte e nosso futuro nunca foi tão claro", disse. 

De acordo com informações divulgadas por Weiner, o LinkedIn agora conta com 675 milhões de membros, emprega 16 mil pessoas e gera US$ 7,5 bilhões em receita anual. A empresa foi fundada em 2002 por Reid Hoffman. 

Após o período de transição, Weiner ocupará o cargo de presidente do conselho e se dedicará a outros projetos paralelos, como uma iniciativa desenvolvida pelo próprio LinkedIn para aumentar a diversidade e diminuir preconceitos existentes dentro do mercado de trabalho. 

Tags