Home  >  Negócios

Amazon anuncia entrada no mercado de farmácias com atendimento on-line e entrega de medicamentos

Anúncio derrubou as ações de grandes redes de farmácia dos Estados Unidos, como Walgreens, CVS e Rite Aid

Da Redação

19/11/2020 às 11h00

Foto: Adobe Stock

A Amazon anunciou nesta terça-feira (17) sua entrada no mercado de farmácias com uma nova oferta chamada Amazon Pharmacy, serviço disponível para usuários nos Estados Unidos que permite a eles pedir medicamentos prescritos para entrega a domicílio, sendo que clientes Prime não pagam pela entrega.

Esse é o maior impulso da empresa para um mercado de US $300 bilhões, ameaçando grandes redes norte-americanas como CVS e Walgreens, de acordo com o canal estadunidense CNBC.

Desde 2017, a gigante de tecnologia tem construído seu negócio para o mercado de farmácias, principalmente após a aquisição da PillPack, empresa de farmácia on-line, em 2018. A Amazon Pharmacy é construída em parte na infraestrutura da PillPack, incluindo seu software de farmácia, centros de atendimento e relacionamento com planos de saúde.

A PillPack continuará atendendo aos clientes mesmo após o lançamento da Amazon Pharmacy, conforme de costume, entregando medicamentos em um cronograma de 30 dias para uma população de pacientes que tendem a ficar mais doentes e mais velhos do que a média, e muitas vezes requerem várias prescrições, segundo a publicação.

Para os clientes da Amazon Pharmacy, com mais de 18 anos, o acesso ao serviço de farmácia estará liberado esta semana em 45 estados do país. Nas primeiras solicitações, o site pode pedir informações pessoais como se a cliente está grávida, a data de nascimento e o sexo - conforme atribuído no nascimento.

Essas informações são exigidas por lei para fornecer cuidados farmacêuticos e ajudam os farmacêuticos a fazer coisas como confirmar prescrições, diz a CNBC. A Amazon afirma ter ferramentas para verificar se um médico solicitou legitimamente cada receita e para reprimir uma possível fraude.

Alguns medicamentos controlados, como a maioria dos opioides, não serão fornecidos e os clientes que tiverem dúvidas sobre seus medicamentos podem entrar em contato com um farmacêutico ou técnico de farmácia a qualquer momento por meio de autoatendimento on-line ou telefone.

Os clientes da Amazon Prime recebem entrega gratuita em dois dias, embora o envio possa levar até cinco dias na primeira vez que um cliente faz um pedido.

Eles também têm acesso a um benefício adicional de farmácia chamado “benefício de economia de receita”, que oferece um desconto de até 80% em medicamentos genéricos e de até 40% em prescrições de marca, diz o site.

Os clientes que não têm Prime podem obter entrega gratuita em cinco dias ou podem pagar US $5,99 para fazer upgrade para entrega em dois dias.

“Queríamos tornar mais fácil para as pessoas obterem seus medicamentos, entender o custo e entregá-los em casa”, disse ao CNBC, TJ Parker, Vice-Presidente de Farmácia da Amazon, que anteriormente cofundou a PillPack.

“Acreditamos que este novo benefício agregará um valor tremendo aos nossos membros”, acrescentou Jamil Ghani, Vice-Presidente da Amazon Prime. “É relevante, pois as pessoas tentam fazer mais no conforto e segurança de suas casas”.

Segundo a publicação, as ações da CVS caíram 7,5% nas negociações da manhã de terça-feira. Walgreens Boots Alliance caiu mais de 8%, enquanto as ações da Rite Aid caíram mais de 16%. GoodRx, que ajuda os consumidores a encontrar descontos em medicamentos controlados, caiu mais de 18%. As ações da Amazon saltaram mais de 1%.

Tags