Home  >  Negócios

Alphabet registra US$ 40,5 bi de receita para o trimestre, mas ações caem

Analistas buscavam melhor desempenho para valor das ações. Divisão de anúncios lidera crescimento da gigante de tecnologia

Da Redação

29/10/2019 às 8h57

Foto: Divulgação

A Alphabet, empresa mãe do Google, anunciou na noite dessa segunda-feira (28) resultados financeiros para o terceiro trimestre que superaram as expectativas dos analistas para a receita total, mas falhou em bater as expectativas por ação. Segundo informações do Yahoo Finanças, os analistas buscavam um valor de US$ 12,42 por ação contra os US$ 10,12 anunciados. Como reflexo disso, as ações da gigante chegaram a cair 4% para depois se recuperarem e manter uma desvalorização de 2%.

A receita total da Alphabet para o Q3 foi de US$ 40,5 bilhões contra os US$ 40,32 bilhões esperados. A grande força motriz da companhia, sua divisão de anúncios, continua em alta. A receita para a área deu um salto em relação ao mesmo trimestre do ano passado: US$ 33 bilhões no Q3 deste ano para US$ 28,95 bilhões no Q3 do ano passado.

Já a receita com os outros "produtos" Google também tiveram crescimento, o que cobre a linha de hardware e cloud, somando US$ 6,43 bilhões, superando as expectativa de US$ 6,32 bilhões. No trimestre passado, ambas somavam US$ 6,18 bilhões de receita e no Q3 do ano passado eram US$ 4,64 bilhões. A companhia entretanto não discrimina os números para sua divisão de cloud, que tem recebido no último ano grandes esforços e investimentos, além da renovação da alta liderança. Apesar disso, o CEO do Google, Sundar Pichai, durante o anúncio dos resultados do Q2 deste ano, revelou que a companhia esperava bater os US$ 8 bilhões de receita para cloud até o final do ano.

A Alphabet também detém negócios emergentes que, até então, geram mais prejuízo à companhia, uma vez que cobram altos investimentos em pesquisa e desenvolvimento, como é o caso da Waymo, de carros autônomos. A receita para tal divisão foi de US$ 155 milhões. No mesmo período do ano passado, batia os US$ 146 milhões. Mas registrou um prejuízo de US$ 941 milhões durante o trimestre.

Pichai, em comunicado sobre os resultados, disse estar satisfeito com o trimestre, além de destacar avanços em computação quântica, recentemente confirmados. 

“Estou extremamente satisfeito com o progresso que fizemos no terceiro trimestre, em relação aos nossos recentes avanços em pesquisa e computação quântica para nosso forte crescimento de receita impulsionado pela pesquisa móvel, YouTube e Cloud", disse Pichai. “Nossos negócios apresentaram outro trimestre de forte desempenho, com receita de US$ 40,5 bilhões, um aumento de 20% em relação ao terceiro trimestre de 2018 e um aumento de 22% em uma moeda constante”, disse Ruth Porat, CFO da Alphabet e Google. “Continuamos a investir muito em talento e infraestrutura para apoiar nosso crescimento, particularmente em novos áreas como nuvem e aprendizado de máquina".