Home  >  Negócios

10 ações que lojistas podem tomar para garantir uma ótima Black Friday

Data, que já virou referência no varejo pelo alto fluxo de compras, deve ter vendas intensificadas por conta da pandemia; veja como se planejar

Da Redação

19/11/2020 às 10h00

Foto: Adobe Stock

Agendada para o dia 27 de novembro, a edição 2020 da Black Friday promete ter um balanço bem superior a do ano passado, cujo faturamento alcançou R$ 3 bilhões.

Além do crescimento já esperado, o fluxo de vendas on-line deve crescer significativamente por conta do distanciamento social existente para diminuir o contágio da Covi-19.

Com isso, os negócios on-line devem receber uma demanda até então inédita. Para ajudar os negócios a terem uma performance de qualidade no dia, a Tray, plataforma de e-commerce e unidade de negócios do Grupo Locaweb, montou um plano para ajudar alavancar as vendas e ter uma experiência de sucesso.

Confira:

1. Planeje com antecedência

Tenha em mãos os dados dos anos anteriores e saiba o que foi mais requisitado, qual foi a porcentagem de vendas e qual foi a região que mais comprou no seu estabelecimento, esse dado ajuda na organização da logística.

2. Estoque sempre em alta

Não adianta ter um grande estoque de produtos que ninguém quer, por isso, é muito importante armazenar o que é necessário, o que tem maior saída, assim a margem de lucro vai ser mais assertiva.

3. Dê prioridade ao SAC

Outra daquelas dicas de ouro para a BlackFriday: é necessário ter diferentes canais para atender uma alta demanda no período da Black Friday, além de Chatbot, também ofereça maior tempo de atendimento para seus usuários.

Confira a matéria completa no IT Forum