Home  >  Inovação

Projeto de casa inteligente com Amazon, Apple e Google deve ser lançado em 2021

O Project Connected Home over IP foi anunciado no final de 2019 e somente agora trouxe novas informações sobre lançamento futuro

Da Redação

14/09/2020 às 11h30

Foto: Adobe Stock

O projeto que visa conexão unificada e de código aberto da Amazon, Apple, Google e Zigbee para casas inteligentes foi atualizado nesta semana. O grupo anunciou que o trabalho ainda está em andamento e tem como meta uma versão 2021, junto com a primeira ideia clara de quais dispositivos a conectividade padrão pretende trabalhar, de acordo com publicação do The Verge.

O grupo não trazia novidades sobre o Project Connected Home over IP, desde que ele foi anunciado, em 2019.

O projeto ainda está em vias de fornecer uma “especificação preliminar” para o novo padrão até o final do ano, com um lançamento completo previsto para 2021.

“Recentemente, lançamos um repositório de código aberto no GitHub, onde estamos iterando rapidamente no padrão aberto global, com base em tecnologias comprovadas pelo mercado.

Este repositório é uma abordagem de implementação inicial para a especificação técnica, examinando integrações na prática”, diz postagem no blog compartilhada pela Zigbee Alliance, um grupo que inclui Ikea, Samsung SmartThings e Signify/Philips Hue como membros do conselho. “Ao compartilhar o repositório, esperamos levar os benefícios do Projeto aos consumidores e fabricantes o mais rápido possível”.

Além disso, o anúncio esclarece com quais tipos de dispositivos domésticos inteligentes o Project Connected Home over IP pretende trabalhar. "Iluminação e elétrica (por exemplo, lâmpadas, luminárias, controles, plugues, tomadas), controles de HVAC (por exemplo, termostatos, Unidades AC), controle de acesso (por exemplo, travas de portas, portas de garagem), segurança e proteção (por exemplo, sensores, detectores, sistemas de segurança), coberturas/cortinas de janela, TVs, pontos de acesso, pontes e outros”.

Basicamente, quase todo tipo de dispositivo doméstico inteligente importante. O grupo também já está explorando a integração de “produtos eletrônicos de consumo adicionais”.

O objetivo é que os dispositivos futuros sejam capazes de adicionar facilmente suporte para os três principais assistentes de voz - Alexa da Amazon, Siri da Apple e o Assistente do Google - de uma só vez. Por sua vez, isso tornará mais fácil instalar e configurar dispositivos domésticos inteligentes com o sistema de escolha do consumidor.

Tags