Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Home  >  Inovação

Nvidia apresenta workstations de alta performance para cientistas de dados

Workstations serão vendidas pela Dell, HP e Lenovo. Computadores são suportados pelas novas GPUs Turing Tensor Core

Carla Matsu

19/03/2019 às 12h04

Foto: Carla Matsu

Jensen Huang, CEO da Nvidia, está atento para uma das áreas que mais cresce na ciência da computação e uma que irá atravessar todas as indústrias no futuro. A ciência de dados tem o potencial, diz ele, de destravar o valor para muitas empresas e avançar pesquisas que possam contribuir na medicina, por exemplo. Nessa segunda-feira (18/03), Huang anunciou durante a GPU Technology Conference 2019 que a companhia firmou parcerias com OEMs - Dell, HP e Lenovo - e fabricantes de sistemas para construir workstations otimizadas para a ciência de dados.

As workstations utilizarão sistemas dedicados para data analytics, machine learning e deep learning, que poderão ajudar engenheiros a lidar localmente com cargas massivas de dados em diferentes indústrias, do varejo à finanças.

Os computadores são suportados pelas novas GPUs Turing Tensor Core Quadro RTX 8000 ou Quadro RTX 6000 e as bibliotecas de aceleração CUDA-X AI. Essas bibliotecas podem ser incorporadas em plataformas em nuvem, como o Google Cloud e a plataforma Azure da Microsoft. Também sustentam a Data Science Workstation a suíte de biblioteca NVIDIA RAPIDS para preparação de dados e análise gráfica. As GPUs foram projetadas para fornecer 260 teraflops e ter 96GB de memória disponível.

Segundo a Nvidia, as máquinas fornecem a capacidade e a largura de banda para lidar com os maiores conjuntos de dados e cargas de trabalho de computação intensiva, bem como a potência gráfica necessária para visualização 3D de conjuntos de dados em grande escala, incluindo aí Realidade Virtual.

Durante seu keynote, Jensen reforçou que a demanda por GPUs dedicadas para o Data Science era algo que parceiros da companhia vinham pedindo.

A Nvidia também confirmou nessa segunda-feira que os servidores otimizados para executar o software de aceleração da ciência de dados da companhia estão agora disponíveis em sete dos maiores fabricantes de sistemas do mundo, incluindo Cisco, Dell EMC, Fujitsu, Hewlett Packard Enterprise, Inspur, Lenovo e Sugon.

*Jornalista viajou a San Jose a convite da Nvidia

 

Snippets HTML5 default Intervenções CW

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15