Home  >  Carreira

Para vencer uma Maratona: bom planejamento e organização são extremamente importantes

Conhecimento prévio ajudou, mas para ser considerado um dos cinco melhores na Maratona Behind the Code, Fabiano Alencar precisou ir além

Danylo Martins, especial para Computerworld Brasil

16/12/2020 às 18h07

Foto: Adobe Stock/Arquivo Pessoal

Quando se inscreveu na Maratona Behind the Code, Fabiano Alencar, paraibano de 44 anos, jamais esperou chegar ao Top 5. Entretanto, aqui está ele, extremamente satisfeito com a exigente e desafiadora experiência de participar da competição, a qual conciliou com um hackathon do Departamento de Arquitetura Tecnológica da Dataprev (onde trabalha), atingindo a segunda colocação.

Leia também: Conheça os vencedores da Grande Final da Maratona Behind the Code 2020

“Ter a capacidade de se adaptar, manter o controle emocional da situação e saber buscar conhecimento novo, de uma forma muito rápida, são habilidades essenciais para se alcançar o êxito — não só nesta maratona, mas também na vida. E exercitar tudo isso na Behind the Code foi o mais legal”, resume.

Fabiano concluiu seus estudos no curso de ciência da computação na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no ano de 2000. E, hoje, atua nas áreas de BI, big data e machine learning. “Pretendo estar continuamente me aperfeiçoando, para poder atuar sempre em projetos legais que apareçam tanto na posição que estou atualmente, quanto em outras”.

Devido às suas atividades profissionais, houve pouco tempo para se preparar. “Como já tinha certo conhecimento sobre as tecnologias que seriam utilizadas, facilitou bastante”, conta. “Em termos técnicos, conhecer a plataforma e serviços da IBM Cloud foi muito legal. Olhar para a complexidade que tem por trás daqueles serviços, ver como eles orquestram e entregam tudo de uma forma simples e intuitiva é impressionante.”

O desafio com IoT foi particularmente algo novo para Fabiano, bem como o uso da plataforma Openshift. Ele também valoriza muito as questões mais subjetivas que o desafiaram. Persistência, paciência, organização, pesquisa e como lidar com pressão são lições aprendidas que levará para toda a vida.

Fabiano conta que saiu impressionado com o formato do evento e suas premiações, prevendo, inclusive, um crescimento exponencial das inscrições do ano que vem. Da mesma forma, avalia o mercado de tecnologia de modo geral — extremamente globalizado, promissor e com oportunidades para todos.

Mas faz uma observação, que vale para competições, e também para a vida: “Ter conhecimento não é suficiente para se obter um bom resultado. Um planejamento bem feito e organização são extremamente importantes para que você não perca tempo com atividades facilmente mapeáveis”.