Home  >  Carreira

Como usar a comunicação para diminuir o impacto de momentos ruins

Não é possível tapar o sol com a peneira, mas técnica certa pode te ajudar a transmitir perspectivas menos pessimistas

Da Redação

05/09/2020 às 12h00

Foto: Adobe Stock

Com uma pandemia global e as consequências geradas por ela, é fato que estamos vivendo uma época mais delicada do que o “normal”. Mas a verdade é que sempre foi um grande desafio para líderes transmitir uma notícia negativa ou que vá contra as expectativas do grupo de forma que o sentimento negativo não contamine toda a equipe. 

Apesar de, dependendo da notícia, não ser possível evitar um certo desânimo, a comunicação correta pode ajudar — e muito — para que o time encare a situação como passageira e se foque em um futuro mais otimista  

Ken Sterling, vice-presidente executivo da BigSpeak, companhia que intermedia a contratação de palestrantes para eventos corporativos, escreveu um artigo para o portal Inc indicando três técnicas práticas que podem ajudar líderes a passar por esse momento de forma mais tranquila. Confira: 

1. Procure sempre ver o copo meio cheio

Sterling explica que , quando você tem tarefas ou recados, pode enquadrar como "Tenho que fazer compras" ou "Tenho que limpar a casa". E esse "tenho que" parece um fardo negativo. No entanto, nem todo mundo tem dinheiro para fazer compras e nem todo mundo tem uma casa que possa limpar. Em vez disso, tente pensar nessas coisas como "começar a fazer". Você compra mantimentos porque pode comprá-los e pode limpar sua casa porque tem uma casa. 
 
Outra estratégia ao estilo enxergar copo meio cheio é buscar um ganho em vez de uma perda. O executivo explica que James Clear, autor do best-seller Atomic Habits, sugere que as pessoas usem frases positivas. “Por exemplo, se você está de dieta, pode ficar tentado a dizer o que não está mais comendo: "Não posso comer doces, sobremesa, chocolate ou qualquer coisa boa." Em vez disso, tente encontrar um ganho positivo. Como “estou me reeducando”. 

2. Use "e" em vez de "mas" 

Ao se comunicar com colegas, você pode manter o tom positivo mudando a palavra "mas" para "e". Quando alguém começa com uma afirmação como: "Você está fazendo um ótimo trabalho na empresa", todos esperamos que o outro sapato caia com um "mas". Então, quando alguém ouve o "mas", esquece todas as coisas boas que o precederam. 
 
Ao dar feedback ou elogio, Sterling explica, é importante perceber se você poderia usar a palavra "e" para substituir "mas". A palavra "e" não nega tudo antes dela. Isso só aumenta a ideia. 
 
“Portanto, no mesmo elogio declarado anteriormente, você pode fazer um relatório: "Você está fazendo um ótimo trabalho na empresa e, à medida que desenvolve mais suas habilidades de escrita, vejo que está levando sua comunicação a novos patamares." O relatório pode sair sentindo o elogio e a compreensão de que eles têm uma área de crescimento para trabalhar, em vez de se sentir derrotado”. 

 3. Troque "deveria" para "poderia" 

O profissional sugere é evitar a palavra "deveria" e substituí-la por "poderia".  

“Quando ouvimos a palavra "deveria", geralmente sentimos que o que se segue é a declaração final sobre o assunto - ou uma crítica ao que fizemos. Com "deveria", não parece haver espaço para discussão ou novas idéias”, explica no texto. 
 
Por outro lado, usar "poderia" sugere a possibilidade de novas idéias e uma discussão de alternativas. Na visão de Sterling, essa construção não é vista como uma crítica, mas sim como uma sugestão.