Home  >  Carreira

7 dicas para ser produtivo enquanto trabalha em casa

Por ser um formato de trabalho que está crescendo, é comum ter dúvidas sobre a melhor forma de se trabalhar fora da empresa

Da Redação

02/02/2020 às 12h00

Foto: Shutterstock

Vantagens como exclusão do tempo de trajeto, flexibilidade e redução de custos como infraestrutura estão tornando a prática do home office cada vez mais comum no Brasil. Seja em empresas que funcionam 100% dentro desse esquema ou em organizações que oferecem o benefício ao colaborador em determinados casos. 

Com o aumento dessa prática e cada vez mais gente se adaptando à possibilidade de trabalhar fora dos escritórios, é normal ter dúvidas sobre o que pode ser feito para que o trabalho remoto tenha a mesma qualidade e eficiência de um serviço realizado dentro de um escritório.

Abaixo, apresentamos sete dicas que podem ser úteis para auxiliar quem está conhecendo esse novo formato ou ingressou de vez no trabalho à distância, confira:  

1 - Tenha um espaço dedicado para o trabalho 

Em um mundo ideal, seria importante ter um cômodo da casa reservado apenas ao trabalho, para que seja possível se concentrar ao máximo nas tarefas corporativas e não ser incomodado ou se preocupar com aspectos domésticos. 

Porém, já que a realidade costuma ser mais compacta, vale a pena escolher um espaço dentro da casa e “fixá-lo” como escritório temporário. Dessa forma, você acaba criando o hábito de trabalhar em um mesmo lugar e seu subconsciente consegue adquirir de forma mais fácil a concentração e disciplina que existem no escritório. 

2 - Desenvolva uma agenda 

Não estamos falando apenas da relação de tarefas que você precisa executar no dia, mas sim em desenvolver uma rotina que envolva acordar no mesmo horário e trabalhar durante o mesmo período de horas. Seguir um estilo de vida regrado quando se fala em horário permite que a pessoa se envolva com mais naturalidade no dia a dia do trabalho  

O ser humano é, por padrão, uma criatura de hábitos. Por isso, as tarefas serão mais eficientes se a pessoa estabelecer uma sequência de ações contínuas durante a semana. 

3 - Se arrume como se fosse sair de casa 

Falando de hábitos, esse é um dos mais importantes (e menos adotados) quando se fala em trabalhar fora da empresa.  

Por mais que seja tentador manter o pijama ou usar uma roupa confortável, adotar um dress code próximo aquele que se usa dentro do escritório proporciona um efeito psicológico que é benéfico para quem trabalha em casa. 

E não é necessário se vestir 100% como se estivesse dentro de um prédio corporativo. A regra de ouro é: caso te chamem parar uma reunião urgente, é possível sair de casa em menos de 10 minutos? Escolha o “look” de trabalho sempre pensando nessa regra e você ficará livre de surpresas. 

4 - Combine expectativas com seu chefe e colegas 

Um dos pontos que deixam as lideranças mais preocupas ao autorizar o home office é a possível falta de comunicação entre os times, o que pode gerar atrasos em entregas ou mesmo desentendimentos internos. 

De fato, trabalhar dentro do mesmo local traz o benefício de uma troca de informações mais rápida do que enviar uma mensagem e esperar uma resposta. Mas essa questão não é um problema quando todas as partes informam em quais horários estarão trabalhando e como podem ser encontradas em casos pontuais.  

Ter conversas claras com o chefe e colegas é um dos aspectos que facilita de forma significativa essa dinâmica. 

5 - Mantenha contato com o mundo externo 

O que muitas pessoas acabam não percebendo é que o fato de se trabalhar em um escritório promove um alto nível de interação entre as pessoas, o que sempre facilita as conversas e discussões durante a realização de projetos ou esclarecimentos sobre alguma dúvida. 

Quando se trabalha de casa por um período mais longo ou de forma definitiva, esse relacionamento acaba não existindo e os profissionais precisam, então, fazer um esforço consciente para desenvolver ou manter relações construídas anteriormente. 

Seja um almoço, café ou mesmo uma ligação mais longa, invista nesse aspecto da sua vida para não perder contatos que podem ser valiosos no futuro.

Se exercer esse papel mais proativo não é algo feito com naturalidade por você, vale a pena até tratar esse aspecto como outra tarefa da rotina, criando uma planilha de contatos e definindo quando e com quem você conversará na semana. 

6 - Coloque alarmes para levantar e se exercitar 

Quando você está envolvido no trabalho, é fácil passar horas olhando para o computador sem lembrar de que é preciso se levantar e fazer algum exercício (como alongamento) para que o corpo não sobre algum tipo de incômodo por ficar muito tempo parado. 

Para que o home office não se torne um problema em questão de saúde, uma dica é configurar alarmes ao longo do dia para se levantar, alongar as pernas e mesmo dar uma volta pela casa.

Claro que esse hábito é importante para o corpo, mas também ajuda a “descansar” a mente, que pode até se tornar mais produtiva no momento de retornar ao trabalho. 

7 - Intercale momentos do trabalho com tarefas domésticas 

A mente reage muito bem a uma tarefa física seguida de uma tarefa mental. Então, especialmente nos momentos em que você sentir “um branco”, no sentido de não conseguir ou não ter ideias para continuar com a atividade atual, pode ser bastante válido levantar e realizar tarefas simples, mas que distraiam, como lavar a louça ou jogar o lixo para fora.  

Mesmo que seja algo que leve menos de cinco minutos para ser feito, a atenção enviada para realizar essa tarefa acaba desviando o foco no trabalho, o que pode te ajudar renovar as ideias para encontrar com mais facilidade a solução para o problema anterior. 

*Com informações do Business Insider

Tags