Home  >  Carreira

18 carreiras em ascensão que serão críticas no futuro

Entre elas, Analista de Compliance LGPD, People Analytics e Engenheiro de Dados destacam a relevância dos dados no futuro

Da Redação

04/05/2021 às 13h27

Foto: Adobe Stock

A tecnologia se tornou preponderante nos negócios, ultrapassando as áreas de tecnologia e se tornando crítico para diferentes carreiras e segmentos. Com mais de 50% dos brasileiros indicando que pretendem mudar de carreira, a empresa de consultoria Robert Half elenca as principais carreiras que já são tendência para o futuro do mercado de trabalho nas áreas de Tecnologia, Mercado Financeiro, Seguros, Engenharia, Vendas e Marketing, Recursos Humanos e Jurídico.

As incertezas em relação à velocidade da vacinação em massa e o fim da pandemia, associadas à evolução do trabalho remoto e a forte tendência de adoção do modelo híbrido, impulsionaram a aceleração dos processos de transformação digital nas empresas e a manutenção das iniciativas de inovação, com a digitalização dos processos e metodologias. Como consequência, algumas profissões ganharam relevância no último ano e seguem gerando expectativas positivas em relação ao presente e futuro do mercado.

Paralelamente, as condições impostas pela pandemia na vida privada e profissional das pessoas, forçou muitas a reverem suas colocações, seja porque foram demitidas em meio à crise ou porque mudaram suas perspectivas sobre o futuro. De acordo com a última edição do Índice de Confiança Robert Half (ICRH), a taxa de desemprego dos profissionais qualificados, pessoas com 25 anos de idade ou mais e com formação superior, ficou em 6,38% no último trimestre de 2020, bem abaixo dos 13,9% do desemprego geral. Outro estudo indica que 57% dos trabalhadores brasileiros pretendem buscar um novo trabalho em 2021.

Deste modo, tanto para profissionais que estão buscando espaço no concorrido mercado de trabalho quanto para profissionais que estão com interesse em mudar de carreira, algumas profissões tendem a ser mais estratégicas na busca por recolocação. Sendo assim, o Guia Salarial 2021 da Robert Half elenca 18 profissões do futuro do trabalho:

  • Tecnologia: Arquiteto(a)s de segurança; detetives de dados; engenheiro(a)s de inteligência artificial; especialistas em transformação digital.
  • Mercado Financeiro: DPO (Data Protection Officer); analista de compliance LGPD.
  • Seguros: Chief digital officer; analista/especialista em produtos digitais.
  • Engenharia: Piloto(a) de drone; engenheiro(a) de georreferenciamento; engenheiro(a) de dados; engenheiro(a) de inovação.
  • Vendas e Marketing: BI (Business Intelligence)/CRM; marketing digital.
  • Recursos Humanos: People Analytics; especialista em transformação cultural/digital.
  • Jurídico: DPO; especialista de dados jurídicos (BI).

“A velocidade de transformação do mercado de trabalho é muito superior ao ritmo das principais instituições acadêmicas. Ou seja, as profissões que despontam como tendência para o futuro surgem no dia a dia das empresas e grande parte das graduações não conseguem acompanhar as mudanças, abrindo espaço para cursos especializados”, comenta Fernando Mantovani, Diretor Geral da Robert Half para a América do Sul. “Um mindset de aprendizagem contínua é essencial ao profissional que quiser um espaço de destaque no mercado pós-pandemia”, completa o executivo