Home  > 

Brandpost por Saiba mais Brandposts são artigos escritos e editados pela nossa comunidade de anunciantes e patrocinadores. Os Brandposts oferecem a oportunidade para um patrocinador apresentar ideias e comentários com seu ponto de vista diretamente para nossa audiência. A equipe editorial não participa da elaboração ou edição dos Brandposts.

PATROCINADA

Tecnologia é chave na busca por ambientes de trabalho mais colaborativos em empresas de saúde

Especialistas explicam como desenvolver ambientes colaborativos de trabalho e destacam o papel da tecnologia para que prosperem dentro das companhias

Por Google Cloud Platform

11/03/2020 às 17h47

Foto: Tecnologia é chave na busca por ambientes de trabalho mais colaborativos

Um dos conceitos mais difundidos no mundo corporativo atualmente é o do trabalho colaborativo. Ele tem sido apontado como essencial para que as empresas se mantenham na trilha do crescimento e da competitividade nos próximos anos. 

Mas a colaboração não é algo que surge ou se implementa apenas por decisão da diretoria. Ao contrário: especialistas afirmam que ela precisa ser construída e desenvolvida dentro das empresas - e a tecnologia tem papel fundamental nisso.

Autor do livro “O Poder da Atitude”, Alexandre Slivnik explica que a colaboração é fruto da cultura das companhias, que devem garantir um ambiente que estimule a comunicação. 

“O líder deve estimular seus colaboradores, reconhecer a colaboração e catalogar essas ideias”, diz Slivnik, destacando que este processo é especialmente necessário nas empresas do setor de saúde

Eber Feltrim, fundador da SIS Consultoria, especializada em estratégias de marketing para empresas de saúde, lembra que os serviços oferecidos pelo segmento são desenvolvidos por uma cadeia de valores representada por pessoas e, por isso, um ambiente colaborativo e de compartilhamento é fundamental.

“Estas pessoas precisam estar integradas entre elas e com o processo. Essencialmente, essa é a importância da colaboração no setor”, afirma. 

Grande parte das empresas do segmento já identificou essa necessidade e tem procurado mudar o mindset de seus gestores. “O primeiro passo para a criação de um ambiente colaborativo é a cultura da empresa estar voltada para um serviço de excelência”, afirma Feltrim, concordando com Slivnik. 

É partir de uma cultura de comunicação mais aberta que as empresas poderão desenvolver ações que farão com que o ambiente colaborativo floresça.

Suporte da tecnologia no trabalho colaborativo

Quando a cultura está presente, a tecnologia torna-se um investimento fundamental para trazer velocidade e clareza para a comunicação. 

“Não é possível hoje imaginar uma reunião de negócios sem uma plataforma que reúna todas as pessoas envolvidas para discutir um problema”, afirma Feltrim, lembrando que é a tecnologia que permite a padronização e a unidade da comunicação em ambientes colaborativos. 

Um bom exemplo de plataforma que atende a essas demandas do mercado é o G Suite, conjunto integrado de aplicativos de colaboração e produtividade do Google Cloud. Entre as soluções disponíveis estão serviços de e-mail, mensagens instantâneas, chat e ligações por vídeo, criação e edição de conteúdo online e visualização de compromissos e agendamentos.

 

Como as ferramentas se aplicam no setor de saúde

Na área de saúde, o uso dessas ferramentas garante a oferta de serviços de forma mais padronizada e ágil, como mostra esse infográfico.

Um exemplo de aplicação é na organização do trabalho, com agendas compartilhadas para a verificação da disponibilidade das pessoas e programação de reuniões com envio automático de notificação por e-mail. Essas reuniões, inclusive, podem ser acompanhadas de qualquer lugar e com compartilhamento de telas.

“Na prática, a tecnologia permite que a comunicação tenha uma linha única de raciocínio, de forma muito mais rápida”, ressalta Feltrim. 

Outro ponto destacado pelo especialista é a segurança oferecida por este tipo de solução, que conta com verificação em duas etapas, logon único e a possibilidade de gerenciar dispositivos móveis, mantendo os dados protegidos mesmo em caso de perda ou roubo.

“Se não tivéssemos tecnologia, como seriam feitas as auditorias, os relatórios, a tomada de decisão?”, questiona. 

Para Slivnik, ferramentas como as oferecidas por Google Cloud estimulam a colaboração nos ambientes corporativos.  “A tecnologia é importante para estruturar as ideias trazidas pelos times e ajuda a empresa a manter o que chamamos de escuta ativa, que é escutar com propósito, ouvindo diferentes opiniões”, conclui.

LEIA MAIS

"Colaboração e inovação: como as empresas de saúde estão se adaptando a novas tecnologias?"

Tags