Home  >  Negócios

Google compra North, startup que fabrica óculos de realidade aumentada

Aquisição deve ajudar na construção de um futuro no qual a computação ambiental seja mais amigável e simples

Da Redação

02/07/2020 às 11h00

Foto: Shutterstock

Legenda: Google rumo a um óculos inteligente

Em anúncio nesta terça, 30, a Google informou a compra da startup North, que atua no mercado de realidade aumentada, com o objetivo de utilizar a experiência técnica da equipe para auxiliar nos esforços de hardware e futuro da computação ambiental.

Com a compra, cujo valor não foi divulgado, a North informou que deve descontinuar a funcionalidade de óculos inteligentes Focals, carro-chefe da empresa e o produto que fez com que a gigante Mountain View, com esperança de popularizar sua solução Glass, investisse no negócio.

O Focals 1.0 possui um pequeno laser no braço que projeta imagens na frente dos olhos do usuário. Com uso do Bluetooth, é possível a exibição de notificações, fornecer instruções e até pedir um carro via aplicativo.

Como muitas as startups dentro desse ramo, a North "sofreu" um pouco para consolidar seu produto no mercado: lançado no início do ano passado, em menos de um mês o preço do Focals 1.0 caiu quase pela metade, chegando a US$ 599,99.

A companhia demitiu 150 colaboradores ano passado para que fosse possível manter a empresa e viabilizar a continuação do produto. Agora parte da holding Alphabet, é possível que a empresa consiga tempo e recursos para criar um produto com design mais moderno.

A startup vai permanecer em Kitchener-Waterloo, no Canadá, e a Google disse que vai continuar com esforços na computação ambiental e para construir um mundo em que a tecnologia seja levada como prioridade. O buscador ainda afirmou que pretende investir na região onde a North se localiza.