Home  >  Segurança

75% dos brasileiros querem ter direito à privacidade de informações na web

Encomendada pelo Facebook, pesquisa do Datafolha também afirma que dois terços dos brasileiros não querem colocar documentos para cadastro em redes

Da Redação

01/07/2020 às 14h00

Foto: Shutterstock

Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha por encomenda do Facebook, mostra que 75% dos brasileiros acreditam que as pessoas têm o direito de ter uma conversa online privada sem que suas mensagens sejam rastreadas. Na mesma pergunta, 23% disseram não acreditar que as pessoas têm esse direito, e 2% não souberam responder. 

Na pesquisa, 67% dos entrevistados responderam ser contra a obrigatoriedade de ter que fornecer mais dados pessoais, como documentos de identidade, para criar uma conta em redes sociais. Outros 31% dos entrevistados afirmaram concordar com a obrigação de fornecer mais dados às empresas de Internet, e 2% não souberam responder. 

Ainda no levantamento, 67% dos brasileiros afirmaram ser mais importante a remoção rápida de conteúdos nocivos identificados pelas empresas de Internet, que fornecer aos usuários que postaram esses conteúdos tempo de se defenderem previamente. E, para 28% dos entrevistados, o mais importante é que as pessoas possam se defender antes de qualquer remoção de conteúdo online, e 5% não souberam responder. 

A pesquisa acontece em um momento no qual o Projeto de Lei 2630/2020, em tramitação no Senado, propõe tornar obrigatório que aplicativos de mensagens, na prática, monitorem as mensagens de todos os usuários e guardem por 3 meses registros de mensagens encaminhadas, incluindo as informações de contato dos usuários, data e horário de encaminhamento, e o total de pessoas que recebeu a mensagem. 

Como registrado anteriormente, o PL foi aprovado pela Câmara dos Deputados na noite desta terça (30) e agora segue para avaliação do Senado.