Home  >  Negócios

Amazon anuncia suspensão de 1 ano do seu sistema de reconhecimento facial para uso da polícia

Companhia afirma que moratória tem como objetivo permitir que o governo implemente regulações eficientes para o uso dessa tecnologia na força pública

Da Redação

11/06/2020 às 8h00

Foto: Shutterstock

Em uma publicação feita em seu site corporativo, a Amazon informou que colocará uma moratória de 1 ano no uso da Rekognition, sua solução de reconhecimento facial, para apoio de forças policiais A exceção, de acordo com a marca, fica para a aplicação da tecnologia na busca de pessoas desaparecidas. 

“Defendemos que os governos implementem regulamentações mais rígidas para governar o uso ético da tecnologia de reconhecimento facial e, nos últimos dias, o Congresso parece pronto para enfrentar esse desafio”, afirma no texto. 

Lançado em novembro de 2016, o Rekognition foi apresentado como um serviço no qual  o usuário "pode detectar objetos, cenas e faces em imagens".  

Porém, o sistema (não só o da Amazon, mas a tecnologia em si) é alvo de diversas críticas porque acredita-se que a base utilizada para treinar o algoritmo (em geral, pessoas brancas) apresenta um resultado muito impreciso para pessoas negras ou árabes, por exemplo. E essa propensão a erros torna-se mais delicada quando se percebe que a ferramenta é utilizada por diversas forças policiais. 

A decisão da companhia de Seattle aconteceu dias após Arvind Krishna, CEO da IBM, ter enviado uma carta ao Congresso americano informando que a empresa estava saindo do mercado de reconhecimento facial.  

“Acreditamos que agora é a hora de iniciar um diálogo nacional sobre se e como a tecnologia de reconhecimento facial deve ser empregada pelas agências policiais nacionais”, afirma trecho da carta. 

As ações de ambas as empresas acontecem dias após os Estados Unidos começarem a vivenciar uma onda de protestos pedindo uma revisão da estrutura policial após a morte do ex-segurança George Floyd, que teve o pescoço pressionado por um policial  em um movimento sabidamente perigoso. Dentre essa revisão, inclue-se o uso de diversas tecnologias na atuação policial. 

*Com informações da CNBC

Tags