Home  >  Negócios

Parceria: Amazon e Slack adotam soluções para complementar negócios

Enquanto a empresa de Seattle utilizará a plataforma de comunicação, o Slack se comprometeu a integrar solução de videochamada Chime na sua plataforma

Da Redação

08/06/2020 às 8h00

Foto: Shutterstock

Querendo reforçar a presença como solução de trabalho à longa distância e diminuir avanço da concorrência (leia-se Microsoft Teams), Amazon e Slack anunciaram uma parceria para integrar serviços e aumentar competitividade. 

Dentro do acordo, a Amazon irá adotar a plataforma de comunicação para todos os seus colaboradores que atuam no escritório. Apesar de não sabermos quantos funcionários da companhia atuam na frente de um desktop, vale ressaltar que a empresa possui a segunda maior folha de funcionários dos EUA, com 840 mil empregados em período integral ou meio período (sem contar estagiários e terceiros). 

Já o Slack utilizará a Chime, solução de videoconferência da empresa de Jeff Bezos, para realizar todas as funções de áudio e vídeo. 

Além disso, a plataforma de comunicação também assinou um termo para continuar utilizando as soluções da Amazon Web Services até 2025. De acordo com um documento emitido pela empresa, esse acordo foi orçado em um valor mínimo de US$ 425 milhões. 

Momento atual e expectativas 

Apesar da migração em massa para o trabalho remoto, realizada como medida de contenção ao novo coronavírus (Covid-19), o Slack não obteve um salto de uso como o experimentado por plataformas como Zoom. 

No primeiro trimestre, a companhia obteve 90 mil novos cadastros de empresas e 12 mil novos assinantes (já que oferece um serviço freemium), quantidade menor do que o esperado por analistas. 

Uma teoria que pode explicar o número aquém reside no fato de que a marca se popularizou dentro de startups e empresas de tecnologia – um público que, por definição, já utilizaria a plataforma antes da pandemia.  

A mesma hipótese ajuda a explicar o significativo aumento do Teams (que registrou aumento de 50% no volume de chats e 37% em chamadas de áudio e vídeo): como a solução há está “embutida”
dentro da suíte de produtos que acompanha o pacote Office, muitas
empresas começaram a utilizar o produto durante a pandemia. 

Para concorrer com esse e outros concorrentes, o Slack está investindo na estrutura da AWS para dar estabilidade ao seu negócio e está trabalhando em novas funcionalidades, como a transcrição de chamadas e a realização de videoconferências pela versão do aplicativo para smartphone. 

*Com informações da CNBC