Home  >  Plataformas

Com atualizações para desenvolvedores, Microsoft mostra futuro ambicioso para o Teams

Plataforma teve salto de popularidade em meio à pandemia. Futuro do trabalho descentralizado é oportunidade para impulsioná-la ainda mais

Carla Matsu

20/05/2020 às 12h13

Foto: Shutterstock

Durante a sua conferência anual Microsoft Build, que neste ano devido à pandemia de covid-19 acontece de forma virtual, a Microsoft anunciou uma série de atualizações para o Microsoft Teams voltadas à comunidade de desenvolvedores.

Em meio a adoção massiva do trabalho remoto mundo afora, a desenvolvedora do Windows viu a sua plataforma de comunicação e produtividade escalar sua popularidade. Segundo Satya Nadella, CEO da Microsoft, o Teams hoje é usado por mais de 75 milhões de pessoas. Um salto e tanto, já que em novembro do ano passado, o serviço reunia 20 milhões de usuários ativos diariamente.

Segundo comunicado da Microsoft, as novidades para o Teams visam tornar os aplicativos de desenvolvedores mais integrados e intuitivos à sua plataforma. Ao facilitar a descoberta e criação dos apps, a companhia incentiva desenvolvedores terceiros a dedicarem mais atenção ao Teams. Tais esforços sugerem que a Microsoft tem grandes planos - a médio e a longo prazo - para o Teams, buscando torná-lo uma central de produtividade em um futuro do trabalho que caminha para ser cada vez mais móvel e gerenciado à distância.

O que esperar?

Desenvolvedores poderão, em breve, criar equipes com modelos personalizáveis, diz a Microsoft. Por modelos personalizáveis, entende-se cenários comerciais comuns, como gerenciamento de eventos e resposta a crises, bem como modelos específicos de um setor, como uma enfermaria de hospital ou agência bancária. Cada modelo virá com canais, aplicativos e orientações predefinidas.

Os administradores também poderão criar novos modelos personalizados e modelar as equipes existentes em sua organização, permitindo padronizar estruturas de equipe, exibir aplicativos relevantes e dimensionar as melhores práticas. Tais modelos serão lançados nos próximos meses e aparecerão automaticamente.

Um dos destaques entre as atualizações está na possibilidade de criar e gerenciar chatbots no Teams. A Microsoft revelou que o aplicativo Power Virtual Agents estará disponível em breve na loja de aplicativos do Teams.

O Power Platform também ganhará aprimoramentos que, segundo a empresa, facilitam a integração e a escalabilidade com o Teams. Será possível adicionar aplicativos personalizados e fluxos de trabalho automatizados. "Os desenvolvedores e os administradores poderão em breve adicionar seus aplicativos personalizados do Power Apps ao Teams com um único clique no botão “Adicionar ao Teams” no Power Apps”, explicou a companhia.

Outra novidade, visando o futuro do trabalho descentralizado, será a possibilidade de transmitir eventos e criar, diz a Microsoft, "produções de estúdio no Teams”. “Com tantas organizações trabalhando remotamente ou em parte remotamente e reduzindo o número de viagens, como recriar a mágica de um palco de apresentação para um público totalmente remoto?”, indaga a companhia para responder que a atualização virá na forma de um novo suporte à NDI (Network Device Interface) e à interoperabilidade do Skype TX para o Microsoft Teams, que oferece um conjunto mais avançado de opções de produção para transmissões de alta escala personalizadas, públicas ou privadas.